Etiqueta: vinhos ecológicos

Truques para escolher vinhos naturais sem engano

vinhos naturais biodinâmicos

Escolher vinhos naturais biodinâmicos pode ser difícil. São conceitos recentes no nosso país, mas que em outros já são conhecidos há algum tempo. Trazemos-lhe alguns conselhos para facilitar a sua escolha de vinhos naturais.

Apostar por adegas que já levam tempo neste tipo de produção. Alguns produtores têm uma grande quantidade de vinhos completamente naturais. Para além de deliciosos, são fruto de anos de experiência, o que oferece mais garantia. O melhor de tudo é o seu sabor.

Visitar feiras de vinho natural e ecológico. Normalmente, aqui encontrará muitos entendedores que pode consultar sobre quais os vinhos para cada ocasião.
Comprar vinho em lojas especializadas. Também aqui, os responsáveis são os mais indicados para aconselhar.

Mais qualidade do que quantidade. Os vinhos naturais tendem a ser um pouco mais caros, como tal, pode optar por beber um pouco menos mas melhor.

Uvas autóctones. Uma das facetas importantes dos produtores naturais é que o seu trabalho preserva o nosso património vinícola; a prioridade das variedades de uvas autóctones sobre as variedades internacionais estandardizadas. O que significa que os vinhos orgânicos biodinâmicos e naturais tendem a proporcionar uma maior diversidade de sabores e constituem uma oportunidade única de provar vinhos elaborados com uvas autóctones. É bom recordar que este tipo de vinho sempre se elabora com a menor quantidade possível de conservantes.

Conhecer novos sabores e vinhos. Ao escolher vinhos naturais, sem dúvida que o factor determinante será o sabor, o que lhe permite conhecer de perto novos sabores, o que é uma vantagem quando procuramos este tipo de vinho.

Participar em provas. Sejam gratuitas ou não, as provas de vinhos naturais permitem conhecê-los e aprender, o que será de grande ajuda quando quiser escolher vinhos com estas características.

Restaurantes de Barcelona com vinhos ecológicos

Não há dúvida de que os vinhos ecológicos se impuseram em todo o tipo de bares. Ainda que se possa falar de diferentes denominações, quando nos referimos aos vinhos ecológicos falamos de um tipo de cultivo onde o limite de adição de sulforoso (dióxido de enxofre) é mais baixo e onde se exclui, o mais possível, a utilização de produtos químicos de síntese.

Hoje em dia,muitos restaurantes oferecem este tipo de vinhos, que têm cada vez mais procura. Aqui fica a nossa selecção de restaurantes com vinhos ecológicos em Barcelona, caso decida passar férias nesta cidade ou simplesmente esteja de passagem.

El Petit Celler
Mais do que um restaurante, o Petit Celler é uma verdadeira experiência para os sentidos. Dentro do mesmo espaço foi aberto o Tribut, um lugar onde pode provar (a copo) mais de 250 vinhos de grande qualidade. Há também um espaço dedicado ao vermute – La Vermutería – onde encontrará uma grande selecção desta bebida, tradicional em Espanha, com a vantagem de poder comprar as suas garrafas preferidas, também expostas para venda ao público. Em relaçõ a vinhos ecológicos, aquí pode encontrar uma boa representação.

La Dentellière
Situado no Bairro Gótico de Barcelona, o restaurante destaca-se pela qualidade dos seus produtos da zona (Km 0): ovos de Calaf, arroz do Delta do Ebro, e, evidentemente, uma excelente carta de vinhos com Denominação de Origem da Catalunha, apesar de também poder encontrar vinhos ecológicos de outras comunidades, como o Mureda, de DO Castilla La Mancha, branco e tinto.

Vistro49 Wine Bar e Cocktails – Ohla Barcelona
O hotel Ohla Barcelona possui vários espaços gastronómicos. Florian David, de ascendência francesa, foi escanção de Caelis durante mais de dois anos e é agora o responsável do Vistro49. Na sua vasta carta podem encontrar-se vinhos ecológicos de adegas pouco conhecidas com produções semelhantes a pequenas pérolas. Claro está que também conta com uma enorme lista de conhecidos vinhos e cavas.

La llavor del orígens (a semente das origens)
Conta com dois restaurantes Em dois interessantes bairros de Barcelona: o Bairro de Grácia e o Bairro do Born. Ambos aplicam a política de utilização de produtos da zona (Km 0). Na sua carta de vinhos pode encontrar alguns ecológicos, como o Bouquet d’Alella, com DO Alella, elaborado com a casta Pansa blanca, de Alella.

 

 TAGS:Fonseca Terra Prima ReservaFonseca Terra Prima Reserva

Fonseca Terra Prima Reserva

 

 

 TAGS:Quinta da Caldeirinha Syrah Bio 2013Quinta da Caldeirinha Syrah Bio 2013

Quinta da Caldeirinha Syrah Bio 2013

Vinho ecológico versus vinho biodinâmico. Qual a diferença?

 TAGS:undefinedHoje em dia, na Europa, existe um movimento de consumo real de vinhos ecológicos e/ou biodinâmicos. Mas o que significam realmente estes conceitos e quais são as diferenças entre eles?

Para começar, é importante saber que os termos ?orgânico?, ?ecológico? e ?biológico? são sinónimos em todo o território da União Europeia.

Em Portugal, é admitido ?ecológico? ou ?biológico? no rótulo. Os vinhos ecológicos, tal como os biodinâmicos, possuem uma etiqueta que lhes permite serem identificados: AB, Agricultura Biológica, Ecocert, Demeter, Biodyvin…

Os vinhos ecológicos ou Bio

Procedem da agricultura ecológica. A vinha é tratada com técnicas agrícolas que excluem o abono, os antibióticos e os pesticidas (fertilizantes, herbicidas, agro-tóxicos). Ainda nas vinhas, também não é autorizado o uso de substâncias ou organismos transgénicos, aditivos, colorantes ou conservantes. Em relação aos tratamentos em adega, as práticas ?enológicas? também se reduzem, ainda que não de todo. O SO2, assim como outros produtos, deve ser reduzido. Porém é permitido utilizar leveduras seleccionadas (químicas) e outros tratamentos.

Os vinhos biodinâmicos

São vinhos procedentes da agricultura biodinâmica. Este não é um conceito novo, ao contrário, já vem do princípio do século passado. A qui, a vinha é considerada como um ser vivo e o objectivo é o de que a vinha desenvolva o seu próprio sistema imunitário contra as doenças, micróbios e insectos. Como? Fomentando os microorganismos e a biodiversidade, tendo em conta as energias da terra e do clima e seguindo um calendário biodinâmico (lunar). Estes conceitos são levados também até à adega e à elaboração dos vinhos. Deve ser utilizada menos tecnologia, menos tratamentos, menos SO2 e, sobretudo, utilizar apenas leveduras autóctones ou naturais.

Também é importante esclarecer que a maioria das adegas produtoras de vinhos Bio ou Biodinâmicos segue um conceito que vai muito mais longe que as normas europeias, é uma verdadeira filosofia de vida que está presente, é o modo de deixar uma terra mais saudável para as próximas gerações. O trabalho, nas vinhas, é mais duro, muitas vezes trabalha-se com cavalos e ?à mão? e os rendimentos são também mais baixos. Mas a grande vantagem é a de serem vinhos autênticos, com personalidade real e onde se percebe o terroir.

Recomendações:

 TAGS:Julia Kemper Branco Bio 2012Julia Kemper Branco Bio 2012

Julia Kemper Branco Bio 2012

 

 

 TAGS:Porto J.W. Hart Réserve Ruby Bio RougePorto J.W. Hart Réserve Ruby Bio Rouge

Porto J.W. Hart Réserve Ruby Bio Rouge

Vinhos biodinâmicos

 TAGS:No mundo dos vinhos existem diferentes tipos de vinho, cuja variedade depende principalmente da sua elaboração, concepção e produto final entre outros factores. Nesta grande quantidade de tipos de vinho encontramos os chamados vinhos biodinâmicos, talvez este termo seja estranho ou novo para muitos, porém, sem aprofundar nem chegar às explicações técnicas, podemos dizer que o vinho biodinâmico é aquele que se realizou através de agricultura biodinâmica, ou seja, cujas vides são cultivadas por um processo ecológico e natural.

Biodinâmico?

Talvez ao conhecer um pouco mais sobre o tema, ao saber que tipo de vinho é este, descubramos que é mais simples do que parece. A agricultura biodinâmica baseia-se num processo de equilíbrio de desenvolvimento integral do cultivo e neste caso referimos-nos à vide. São culturas absolutamente isentas de fertilizantes artificiais, pesticidas e herbicidas tóxicos. É um processo ecológico, desde o principio até ao fim e muito semelhante aquilo que conhecemos como agricultura orgânica ou ecológica.

Outro dos factores que intervêm em agricultura biodinâmica é a grande utilização de abono e adubos, que são produzidos em terras com ausência total de produtos químicos. Na agricultura biodinâmica existem calendários rigorosos com datas de plantações e colheitas que respeitam estações do ano, tempos e os ciclos da Natureza propriamente dita.

Ao resultado desta metodologia, fundamentos e factores intervenientes dá-se o nome de agricultura biodinâmica, que aplicada à vitivinicultura gera o chamado vinho biodinâmico.

Benefícios e vantagens do vinho biodinâmico

Um fruto biodinâmico é aquele que se encontra em equilíbrio com a Natureza, ou seja, será um fruto com melhor sabor e com benefícios inteiramente naturais. Um vinho elaborado com vides biodinâmicas é um vinho com melhor sabor, melhor graduação já que teve um melhor processo.

Os vinhos biodinâmicos são relativamente recentes, o seu preço é mais elevado do que um vinho tradicional devido a que a sua elaboração é mais dispendiosa ( ainda que pensemos que o tempo irá mudar gradualmente este facto).

Agora que já averiguamos um pouco mais sobre este tema, quero aventurar-me no mundo dos vinhos biodinâmicos para poder fazer as minhas próprias considerações e estabelecer comparações. Temos a certeza que farão o mesmo, não se esqueçam de que são vocês quem tem a última palavra em relação às preferências de vinhos.

Como sempre, deixamos as nossas recomendações, neste caso de vinhos ecológicos:

 TAGS:Porto J.W. Hart Réserve Ruby Bio RougePorto J.W. Hart Réserve Ruby Bio Rouge

Porto J.W. Hart Réserve Ruby Bio Rouge

 

 

 TAGS:Xavier Vins D'Experts Côtes Du Rhône Villages Bio 2011Xavier Vins D’Experts Côtes Du Rhône Villages Bio 2011

Xavier Vins D’Experts Côtes Du Rhône Villages Bio 2011