Etiqueta: uva grenache

O segredo da longevidade? Uma vida saudável e um pouco de vinho…

 TAGS:undefinedO explorador Dan Buettner, da National Geographic, realizou centenas de entrevistas a idosos e descobriu cinco regiões da Europa, América e Ásia, chamadas “Zonas Azuis”, onde se verifica a maior concentração do mundo de centenários.

No seu livro – A solução das zonas azuis – Buettner descreve a alimentaç4ao dos habitantes destas zonas. Para o autor, a população norte-americana deveria seguir o exemplo destas comunidades, onde o índice de diabetes, a obesidade e as doenças cardiovasculares possuem valores extremamente baixos.

Os habitantes das zonas azuis têm círculos sociais com estilos de vida saudáveis, fazem exercício, dedicam tempo ao repouso e à descontracção e também concedem importância à sua dieta.

Buettner recomenda seguir o exemplo dos centenários: “Comer os alimentos mais leves do dia durante a tarde ou à noite; consumir a maioria dos vegetais, especialmente os legumes; pouca carne, em porções entre 85g e 100g.” Em media, os habitantes das zonas azuis consomem estas porções cinco vezes por mês.

Buettner acrescenta, que cada uma destas zonas possui alimentos que parecem ser adequados para atingir a longevidade. Sobre a Ilha de Ikaria: ” o que distingue esta ilha de outra regiões é a importância que adquirem alguns alimentos na alimentação; batata, leite de cabra, mel, legumes (grão-de-bico e lentilhas), verduras silvestres, fruta e peixe”. No caso desta ilha, os habitantes centenários também se alimentam de queijo feta, limão e ervas como a salva e a manjerona.

Por outro lado, na Sardenha, é consumida uma elevada quantidade de leite de ovelha e queijo pecorino, além de: “uma quantidade moderada de hidratos de carbono, pão integral, pão de massa fermentada e cevada”. A dieta é equilibrada com funcho, favas, grão-de-bico, tomate, amêndoas e um ou dois copos de vinho por dia ( na sua maioria, vinho de uva grenache).

No Japão, “os centenários mantêm o hábito de comer diariamente um alimento proveniente da terra e também aqueles que vêm do mar”. Os seus alimentos preferidos são o melão amargo, o queijo de soja, alho, arroz, chá verde e cogumelos Shitake, além de uma grande quantidade de plantas medicinais, normalmente tomadas em infusões.

Em Loma Linda, uma comunidade adventista na Califórnia, procura-se alargar a vida não bebendo, fumando e dançando. Segue-se uma dieta bíblica, constituída por cereais, frutos secos, frutas frescas, legumes e água.

O grande segredo da alimentação na Costa Rica são “as três irmãs da agricultura mesoamericana: feijão, milho e abóbora”. Para além da papaia, inhame, banana e fruto pupunha (Bactris gasipaes), ricos em vitamina A e C. A água da zona também é especialmente importante pela sua concentração de cálcio.

O Projecto Zona Azul, iniciou-se nos EUA para ajudar as comunidades a que se adaptem a este tipo de vida, saudável, com hábitos alimentares semelhantes aos lugares por onde passou Dan Buettner.

Se pretende iniciar uma vida mais saudável, comece por uma dieta equilibrada, um pouco de desporto e um ou dois copos de vinho por dia. Tchin, tchin!

 TAGS:Invejado 2009Invejado 2009

Invejado 2009: um vinhos tinto da D.O. Alentejo-

 

 

 TAGS:Vinha Grande 2009Vinha Grande 2009

Vinha Grande 2009: um vinhos tinto da D.O. Douro com um coupage a base de uvas de 2009 e 13.5º de álcool en volume.

 

 

Uva Grenache: futuro prometedor

 TAGS:undefined

Escanções, produtores e especialistas de vinho de todo o mundo têm vindo a enaltecer as características da uva grenache, que se traduz em vinhos de qualidade e produção intensa.

Ainda que historicamente a sua presença seja associada a França, Espanha e Austrália, esta variedade também se estendeu no território mundial.
Aquilo que aponta a grenache como sendo a uva do futuro deve-se sobretudo à sua enorme capacidade de desenvolvimento sob elevadas temperaturas e à actual alteração climática.

Estas são algumas das características desta uva:

  • Uva resistente. Além de suportar muito bem o calor, a uva grenache resiste a algumas doenças o que a torna mais valiosa.
  • Aromas e sabores. Segundo os especialistas, *o vinho elaborado a partir da uva grenache* é um vinho delicado e aromático. Uma grande alternativa às variedades actuais mais importantes.
  • Grenache na África do Sul: A variedade Grenache possui um grande potencial, na África do Sul a sua plantação aumentou lentamente; 40 ha em 2000 e 188 ha em 2010.
  • Grenache-Pinot Noir. Existem muitas semelhanças entre a Grenache e a Pinot Noir pelo facto de ambas permitirem ser saboreadas em vinho novo. *Grenache para os escanções* é sinónimo de maturidade.
  • Muitas adegas. A variedade grenache aumenta nas adegas francesas. Os produtores esforçam-se por oferecer vinhos frescos e preocupam-se com a importância do oxigénio no equilíbrio da mescla do vinho novo,com a acidez, a estrutura e os taninos.

A qualidade das uvas Grenache revela um mundo por descobrir, um mundo repleto de bons vinhos que não deves perder.

 

 TAGS:Breca 2011Breca 2011

Breca 2011 é um vinho tinto com Denominação de Origem Calatayud das bodegas Breca. Possui uma base de grenache preta com grenache de 2011, com grau alcoólico de 15º.

Comprar Breca 2011

 

 

 TAGS:La Garnacha Salvaje del Moncayo 2012La Garnacha Salvaje del Moncayo 2012

Vintae elabora este La Garnacha Salvaje del Moncayo 2012, um vinho tinto com Denominação de Origem VT Ribera del Queiles à base das castas grenache tinta e grenache de 2012. 14º de álcool.