Etiqueta: prova

Chaves para desfrutar uma prova de vinhos

 TAGS:undefinedNo mundo da gastronomia e do turismo, o prazer sensorial vai ganhando um grande protagonismo. A busca é a do prazer oferecido pela comida e pela bebida. Por essa razão, as melhores provas são aquelas que proporcionam o máximo prazer no momento de beber, por exemplo, vinho.

1. Bem rodeados. Uma cata deste tipo pede o melhor ambiente possível, seja com a família ou os amigos, o importante é que sejam pessoas que nos façam sentir bem ao mesmo tempo que saboreamos um bom vinho. Está tudo ligado: relaxamento e ambiente descontraído.

2. Divertimento. Para lá das provas profissionais, uma prova especialmente boa, procura a diversão, beber vinho por puro prazer, porque gostamos e nos entusiasma, sem obrigações.

3. Desfrutar dos sentidos. Neste tipo de prova entra, sem dúvida, a união dos sentidos. A visão, o olfato e o paladar são indispensáveis para aprender a procurar novos sabores e aromas que depois nos permitem distinguir vinhos, porém, sempre com o prazer da prova.

4. Vinhos cativantes. Segundo os especialistas, este tipo de provas são feitas com vinhos que fascinam e cativam, diferentes, talvez, ou um clássico imperdível.

5. Pode ser organizada em qualquer sítio. Ao contrário das provas profissionais, por vezes um pouco empertigadas, estas provas podem ser feitas onde o organizador queira; em casa, no jardim ou num bar, com amigos e alguém que entenda um pouco deste tema e ajude a desenvolver novos conhecimentos do paladar.

 

 TAGS:Quinta do Portal Grand Reserva 2011Quinta do Portal Grand Reserva 2011

Quinta do Portal Grand Reserva 2011: um vinhos tinto de D.O. Douro vendimiado en 2011 e 13º de teor de álcool. 

 

 

 TAGS:Carm cm 2011Carm cm 2011

Carm cm 2011: um vinhos tinto com D.O. Douro com uvas 2011.

 

 

Como organizar uma sessão de prova

 TAGS:Uma prova de vinhos pode ser um acontecimento agradável para desfrutar com a família ou com os amigos e não é difícil de organizar. É indiferente se o pretendido é algo intimo ou se o fim é comercial, porque o conceito exige os mesmos passos.

Começa por planificar cuidadosamente. Uma prova é um evento para os sentidos gozarem e cada pormenor deve contribuir. Se preferires, podes preparar convites para que os teus convidados percebam que te esmeraste e que lhes queres oferecer uma experiência especial.

Pensa em que tipo de evento estás a organizar. Prepara um jantar, um cocktail ou um aperitivo depois da degustação inicial, em função da hora do dia e dos convidados que esperas, desta forma pode-se aproveitar a experiência para obter uma boa harmonização. Isto vai permitir aos teus convidados ampliar o prazer da degustação e notar que os vinhos têm sabores distintos quando acompanhados de pratos diferentes.

Se aquilo que pretendes é uma cata profissional, conta com a ajuda de um técnico. Pode ser que para os teus amigos seja suficiente o facto de desfrutar o vinho em boa companhia e podes inclusive prestar-te ajuda na escolha dos vinhos ou na harmonização. Porém, será difícil que um profissional volte a trabalhar contigo se não lhes ofereces uma experiência mais avançada.

Escolhe cuidadosamente o local, a decoração, os vinhos e os pratos, os convites e, como já aqui foi dito, todos os pormenores e detalhes.

Prepara tudo aquilo que vais necessitar para a degustação: copos adequados, saca-rolhas e, claro está, os vinhos que vão servir à prova. Facilita um kit de degustação (copos, guardanapos, lápis e papel para tirar notas) aos teus convidados. Também seria interessante se este kit incluísse um guia de degustação com as características dos vinhos presentes na prova, indicações e origem dos aromas nos vinhos e um pequeno ?truque? sobre a degustação (como distinguir as cores, temperaturas…).

Seria conveniente deixar os vinhos da prova, pelo menos 48h antes da mesma, em posição horizontal e à temperatura adequada, para que repousem e estejam prontos a servir.

Durante a degustação, é indispensável que cada convidado tenha um copo para cada vinho, ou encontrar uma forma de aclarar com água o copo para que a espera não resulte pesada entre vinho e vinho. A melhor opção é a de que cada convidado disponha de um copo para cada vinho, de forma que, uma vez degustado, o vinho possa ficar à disposição do convidado para o poder comparar com os vinhos seguintes.

Guia os teus convidados durante a degustação. Começa pelo vinho mais leve e acaba com o mais forte para que os aromas não se sobreponham. Podes explicar-lhes quais os motivos porque escolheste cada um dos vinhos. Seria aconselhável existir um fio condutor entre os vinhos (vinhos da mesma região, da mesma uva, da mesma colheita). Habitualmente, esta é uma forma de interessar os convidados e dar-lhes uma perspetiva mais ampla sobre o tema da degustação.

Termina a prova com harmonização. Deixa que os convidados comentem e que a conversa flua. Uma prova deve terminar como uma festa, e, tal como nas festas, o anfitrião deve saber quando deixar de ser o protagonista. Desfruta!

Recomendamos 2 grandes vinhos para serem descobertos entre amigos:

 TAGS:Porto Krohn Vintage 2003Porto Krohn Vintage 2003

Um Porto com aromas de levedura

 

 

 TAGS:Vinha Grande 2009Vinha Grande 2009

Frutas vermelhas, flores, madeira, vegetales…