Etiqueta: merlot

Vinho e Fast food; combinação possível?

 TAGS:undefinedOnde está escrito que não se pode combinar pizza ou cachorro-quente com um bom vinho ? Esta é uma das versatilidades do vinho, o poder ser combinado com um número de pratos quase infinito. E isto é dito pelos especialistas como Nicolás Boise, escanção do Restaurante Mugaritz, que afirmou ao jornal El País que o fast food é perfeitamente harmonizável com vinho.

Mas que tipo de harmonizações podemos realmente fazer? Depende, sobretudo, dos ingredientes. No caso do cachorro-quente, depende do tipo de salsicha, dos molhos, do queijo e da mostarda.
Os cachorros-quentes básicos (com mostarda e ketchup apenas) vão bem com vinhos brancos , tipo Gewürztraminer . Se lhe adicionarmos cebola estaladiça, então o lugar é do rosé ou do espumante.

Hoje é dia de pizza e vinho! A cerveja não é a única bebida que pode acompanhar a pizza, o vinho rosé também é uma boa opção, assim como os tintos do ano. Se a pizza tiver anchovas (algo que cada vez se vê menos) podemos escolher um vinho branco para equilibrar o sabor, e se o prato forte for um churrasco, é recomendável um vinho tinto mais encorpado, como um Merlot.

As sobremesas de chocolate acompanham perfeitamente muitos tipos de vinho. Muitos dos batidos servidos em sítios de comida rápida são bastante enjoativos, e se já começou o seu jantar com vinho, pode continuar até à sobremesa.
Na verdade já se efectuam algumas provas de vinho e chocolate, que potenciam ao máximo estes sabores, e os favoritos são os vinhos tintos .
Para pratos fortes com especiarias, como o kebab, a melhor combinação é um vinho intenso. Para os hambúrgueres, também os tintos são os preferidos.

 

 TAGS:Soalheiro Alvarinho 2016Soalheiro Alvarinho 2016

Soalheiro Alvarinho 2016

 

 

 TAGS:Titular Jaen 2014Titular Jaen 2014

Titular Jaen 2014

Merlot, uma uva suave e elegante como uma mulher

 TAGS:A origem da uva Merlot é Bordéus (França). A seguir à Cabernet Sauvignon, a Merlot é considerada a uva mais produzida no mundo. O seu nome, Merlot, provem do francês ?petit oiseau noir?, que se traduz por melro, uma pequena ave que se alimenta precisamente do sumo destas uvas e cuja cor das penas, preto-asa-de-corvo, se parece muito à cor dos bagos da Merlot.

A maior parte dos vinhos mais famosos de França são elaborados com Merlot, mas hoje em dia esta cepa também já é utilizada em Itália, Espanha, Portugal, parte da Europa e América do Sul (sobretudo Chile e Argentina).

Os vinhos produzidos com Merlot têm habitualmente uma cor rubi forte, uma cor um pouco mais clara que a do Cabernet Sauvignon. A cor pode variar ligeiramente, já que em algumas zonas esta uva costuma ser um pouco mais escura e por consequência, os vinhos também. Os Merlot mais claros costumam ser vinhos mais leves.

Os vinhos Merlot mais escuros são os mais envelhecidos, possuem aromas a amoras, groselhas, violetas, fumo, pimento e frutos vermelhos. Por vezes pode sentir-se um odor de canela e cravinho. Em boca, um Merlot é suave e com muito pouca acidez, é fino e elegante devido aos seus taninos gordurosos, habitualmente aveludados.

Conhecer um Merlot

Um vinho Merlot, à vista, poderia ser definido como suave e elegante, de cor rubi intenso com toques violeta. Evidentemente que é preciso ter em conta que, a idade é um fator de influência que intervém na sua cor e suavidade. Também no nariz é suave e quase sempre com aromas a frutos vermelhos. Em boca, a abundância de taninos lembra a ameixas.

A harmonização perfeita

O Merlot é muito versátil no que diz respeito a harmonizar, pode ser o acompanhante perfeito aos pratos de legumes, frutos secos, verduras cozidas ou assadas e guisados leves. É um companheiro de luxo das carnes de caça, como o pato e o coelho. O peixe e o Merlot também se dão bem, sobretudo se o peixe é servido com molhos. Os queijos ideais para acompanhar este vinho, são sem dúvida os semi-secos.

Um Merlot deve ser servido entre os 14 e os 16ºc. Se o vinho leva muito tempo em garrafa ou em barril não se esqueça de o decantar. Como se pode ver, um Merlot não pode faltar em casa, seja pela sua versatilidade, bom sabor ou relação qualidade-preço, o facto é que é um dos melhores vinhos do mundo.

 TAGS:Les Pagodes de Cos 2010Les Pagodes de Cos 2010

Les Pagodes de Cos 2010

 

 

 TAGS:Mouton Cadet Reserve Saint-Emilion 2010Mouton Cadet Reserve Saint-Emilion 2010

Mouton Cadet Reserve Saint-Emilion 2010