Etiqueta: lúpulo

Talvez a cerveja possa prevenir o cancro de mama

 TAGS:undefinedTalvez um dos principais ingredientes da cerveja, o lúpulo, possa contribuir para a prevenção do cancro da mama. Esta conclusão é a consequência de um estudo realizado por especialistas da Universidade de Illinois, Chicago, publicado pela revista britânica Daily & Sunday Express.

O lúpulo, uma planta aromática trepadeira, é a responsável pelos sabores amargos, assim como os toques de especiarias ou citrinos, foi submetida a investigações que a relacionam com os níveis hormonais masculinos e femininos. Este estudo indica ainda a probabilidade de que o lúpulo possa activar os compostos químicos que inibem o desenvolvimento de tumores.

Os investigadores usaram extracto de lúpulo em dois tipos diferentes de células mamárias para conhecer o efeito do metabolismo dos estrogénios das células, partindo da base (já comprovada) de que um metabolismo mais lento aumenta o risco de cancro da mama.

No lúpulo encontrou-se a presença de um activo chamado preninalringenina (6-PN), um prenilflavonoide com capacidade para aumentar a taxa de metabolismo dos estrogénios, o que seria de grande ajuda em futuras investigações sobre a eficácia deste composto contra o cancro.

O 6-PN é um potente fitoestrogénio, que, uma vez ingerido, altera a actividade das hormonas. Algumas mulheres podem chegar a ter interrupções nos seus ciclos menstruais, e usado no tratamento da pós-menopausa diminui a transpiração noturna, calores e insónia.

A equipa de investigação também encontrouum activo semelhante, preninalringenina (8-PN), aparentemente menos eficaz, mas também objeto de futuros estudos.

 

 TAGS:Grimbergen Optimo BrunoGrimbergen Optimo Bruno

Grimbergen Optimo Bruno

 

 

 TAGS:Westvleteren 12Westvleteren 12

Westvleteren 12

Porque é que a cerveja nos faz urinar?

 TAGS:undefinedQuando bebemos cerveja notamos que vamos à casa-de-banho muito mais vezes e temos muita necessidade de urinar, o que pode ser explicado por várias razões.

A razão principal é o efeito diurético da cerveja; a quantidade de urina formada nos rins aumenta, assim como a quantidade de água eliminada. Por isso, a vontade de urinar, quando se bebe cerveja, é maior do que ao beber água ou qualquer outro líquido.

Aquilo que provoca essa urgência de urinar, são os ingredientes presentes no processo de elaboração da cerveja: o lúpulo, o componente responsável pelo efeito diurético. O lúpulo também é utilizado na produção de cerveja para equilibrar o sabor doce do malte, o que confere à bebida esse toque ligeiramente amargo tão característico.

Verdade seja dita; existem outras bebidas alcoólicas que provocam este mesmo aumento da produção de urina, já que o álcool é ele próprio um diurético estimulante da bexiga, que suprime a glândula pituitaria, a responsável pela inibição do efeito diurético.

Estas razões, fazem com que, ao beber cerveja, a desidratação aconteça mais depressa, já que ao aumentar a produção de urina, o organismo elimina mais líquido do que o habitual, e por isso é recomendável o consumo moderado de álcool. Uma das soluções para reduzir a desidratação, é a de intercalar a cerveja com pequenos goles de água, e claro está, que pode sempre acompanhá-la de petiscos.

 TAGS:Peroni Nastro AzzurroPeroni Nastro Azzurro

Peroni Nastro Azzurro

 

 

 TAGS:OrvalOrval

Orval

 

A cerveja não te impede de ser uma top model

 TAGS:Provavelmente não é a primeira vez que ouvem um conselho de beleza que, à primeira vista, parece ?disparatado?, mas se quem o der for uma top model, o remédio caseiro consegue muito mais alcance e o conselho torna-se numa referência.

Na verdade, o que revelou recentemente a top model australiana Ellen Macpherson, soa a conselho de beleza de avó: pois esta beleza, com 50 anos de idade e brilhante êxito estético, lava o cabelo com cerveja (será australiana?) algo que a sua mãe lhe ensinou. Sabemos que a Austrália é um dos lugares do mundo onde se consomem mais litros de cerveja por habitante e anualmente, mas desconhecíamos que, possivelmente, uma parte considerável desse consumo iria acabar nos cabelos dos australianos.

É com este método pouco habitual, e aparentemente distante dos sofisticados tratamentos promovidos na publicidade dos principais fabricantes de cosmética capilar, que Macpherson consegue manter e aumentar o brilho do seu fantástico cabelo. Graças à acção do lúpulo e da cevada presentes na cerveja, os seus resíduos agem enquanto o cabelo seca conseguindo mais volume e corpo.
No entanto, a modelo mundialmente conhecida desde as primeiras fotografias na *Sports Illustrated* nos anos 80,ainda não declarou se pretende integrar este ?descobrimento? na gama de produtos que se comercializam com o seu nome, até agora mais orientados ao cuidado da pele.
Uma coisa é certa, o mais simples pode chegar a ser o mais eficaz…

Recomendações?

 TAGS:Coopers Pale Ale 375mlCoopers Pale Ale 375ml

Coopers Pale Ale 375ml

 

 

 TAGS:Foster's 50clFoster’s 50cl

Foster’s 50cl