Etiqueta: história

Os 10 bares mais antigos do mundo (II)

 TAGS:undefinedHoje continuamos com Os bares mais antigos do mundo. Desta segunda publicação fazem parte aqueles que se situam fora do Reino Unido e que se destacam por histórias pouco prováveis e interiores imponentes. Não percas esta visita aos pequenos templos onde se saboreia uma boa bebida em boa companhia. E se tiveres oportunidade, visita-os tu mesmo.

Lafitte`s Blacksmith Shop Bar:
Este pub, em New Orleans, tem 292 anos de história. Foi refúgio de piratas, que por ali passavam entre travessia e travessia. O seu nome tem origem nos corsários Jean e Pierre Lafitte.

De Sean Bar:
Em Athlone, na Irlanda, encontra-se este pub com 1114 anos de existência. O livro de recordes Guinness reconheceu-o como o bar mais antigo da Irlanda e a sua idade passou a ser conhecida, quando em 1970, durante uma remodelação, foram descobertos restos de adobe e vime nas suas paredes, habitualmente utilizados durante o séc. X. *Beber uma Guinness aqui parece ser um bom plano*…

Zum Riesen:
Localizado em Mittenberg, na Alemanha, este pub, o mais antigo do país, tem 864 anos. Trata-se de um hotel com bar, construído em 1150 e que já hospedou muitos clientes da realeza, como por exemplo Frederico III. Hoje é património e entre as suas paredes guardam-se histórias de bruxas e homens condenados à morte.

Al Brindisi:
Localizado em Ferrara, na Itália, este pub com 914 anos de idade é reconhecido no Livro Guinness como sendo a estalagem mais antiga de Itália, dedicada a servir comida e vinho. Entre os seus clientes conta-se Copérnico, assim como o Papa João Paulo II. Mais do que interessante este sítio, não achas?

Gruta Bar:
Este bar, com mais de 2000 anos de existência, localiza-se em Petra, na Jordânia. É um dos mais antigos do país e a sua localização singular, numa gruta, já o levou a ser cenário das aventuras de Harrison Ford em Indiana Jones e a última cruzada.

E como já foi dito na primeira publicação, sempre podemos imaginar que estamos num destes bares incríveis com um bom copo de vinho ou cerveja na mão : )

 

 TAGS:Guinness DraughtGuinness Draught

Guinness Draught é uma cerveja preta irlandesa, elaborada por alta fermentação e com um ABV de 4.1º.

 

 

 TAGS:Robert Weil Rheingau Riesling Charta 2010Robert Weil Rheingau Riesling Charta 2010

Robert Weil Rheingau Riesling Charta 2010 é um vinho branco com Denominação de Origem alemã ? Rheingau – elaborado com riesling de 2010.

 

 

 TAGS:Palazzo Vecchio Vino Nobile Di Montepulciano 2007Palazzo Vecchio Vino Nobile Di Montepulciano 2007

Palazzo Vecchio Vino Nobile Di Montepulciano 2007 é um vinho tinto com Denominação de Origem Vino Nobile Di Montepulciano.

 

Os 10 bares mais antigos do mundo (I)

 TAGS:undefinedDas tabernas mais antigas até grutas autênticas, estes, são bares que levam mais de 1000 anos a atender clientes interessados nas suas cervejas e bebidas.

Cada um destes bares tem a sua história e, na verdade, cada um deles pensa ser mais antigo do que os outros. Nesta primeira entrega vamos dar-vos a conhecer  os bares mais antigos do Reino Unido, com histórias de fantasmas e personagens surpreendentes à mistura! Talvez depois te apeteça viajar e visitar cada um deles.

Ye Olde Trip to Jerusalem:

Situado em Nottingham, este pub tem 825 anos de vida. Foi uma antiga pousada formada sobre grutas, escavadas em 1970 por uma equipa de arqueólogos que indicaram terem sido construídas no século XII.

Old Ferry Boat:

Situado em St.Ives, no Reino Unido, junto ao rio Cambridgeshire, o Old Ferry Boatfoi fundado em 1400, tem 614 anos e conta com um fantasma privado; uma adolescente chamada Julieta.

Ye Olde Man & Scythe:

Este pub tem 763 anos de antiguidade, foi mencionado pela primeira vez em 1251 e apesar de ter sofrido várias remodelações a sua adega permanece intacta. Aqui foi assassinado o Conde de Derby, James Stanley, culpado pelo assassinato de 1644 pessoas. Diz-se que o seu fantasma continua a visitar o pub…

El Bingley Arms:

Localizado em Leed, este pub já tem 1061 anos, tendo sido referido no livro Domesday. O pub serviu de refúgio em várias épocas e o seu nome tem origem nos sacerdotes e viajantes que aí passavam a noite no seu percurso entre as abadias de Leed e York.

Na próxima publicação vamos dar-vos a conhecer mais 5 bares e, entretanto podemos imaginar como seria tomar uma destas cervejas num destes bares com tanta história : )

 

 TAGS:Young's Double Chocolate Stout 50clYoung’s Double Chocolate Stout 50cl

Charles Wells Brewery é o responsável pelo Young’s Double Chocolate Stout 50cl, uma cerveja stout de Inglaterra elaborada através de uma alta fermentação e com 5º de álcool.

 

 

 TAGS:Worthington's White Shield Ipa 50clWorthington’s White Shield Ipa 50cl

Worthington’s White Shield Ipa é uma cerveja ale produzida em Inglaterra com 5º de ABV.

 

 

 TAGS:St. Peter's Ruby Red Ale 50clSt. Peter’s Ruby Red Ale 50cl

Peter’s elabora esta St. Peter’s Ruby Red Ale 50cl (3,60?), uma cerveja ale feita em Inglaterra com um ABV de 4º.

 

 

A origem do vinho

Existem 2 mitos sobre as origens da fermentação. O primeiro é que a cerveja foi ?inventada?, ou mais exatamente descoberta, por acaso. O segundo, que o vinho também foi um acidente. É muito pouco provável que, dado o elegantemente simples, e paralelamente tão complicado, que é o processo de elaboração da cerveja, esta não seja mais do que um acaso.
Com o vinho acontece o mesmo, ainda que é provável que os nossos antepassados tenham observado como os sumos de fruta mudavam quando se decompunham, ou apodreciam, em determinadas condições.

O porquê de ser pouco provável que o descobrimento do vinho fosse um acidente, deve-se ao descobrimento das sementes de uva, ou grainhas, que se encontram abundantemente na parte inferior da Geórgia ? da Rússia. As grainhas foram datadas através do carbono e estima-se que possuam cerca de 7.000 anos de antiguidade. O que faz com que estas grainhas sejam excecionais não é apenas a sua abundância, mas também a sua forma. As grainhas que se reuniram para cultivar diferem das grainhas silvestres na forma e na informação genética.

Todas as uvas contemporâneas cultivadas são hermafroditas, ou possuem as características de ambos os sexos. Isto é devido a que os nossos antepassados da Idade da Pedra tardia, colheram apenas videiras femininas.
As vides da uva, quando crescem livremente, possuem machos e fêmeas. As fêmeas carregam a fruta, enquanto que os machos polinizam. Quando o homem primitivo apareceu em cena, salvou as plantas femininas e reduziu os machos. Com o correr do tempo, apenas as vinhas hermafroditas foram capazes de sobreviver. Uma das sobreviventes das experiências efetuadas com o vinho pelo homem primitivo, chama-se Vitis vinifera, que é a espécie da qual surgiram as uvas de vinho. As pessoas destas primeiras épocas, estiveram suficientemente atentas como para destacar este tipo de uva pelo seu alto conteúdo de açúcar. Sem açúcar não há vinho.

Porque é que a fermentação não foi um acidente? Isto encontra-se aberto a discussão, mas, o vinho, tal como a cerveja, não poderiam ter existido se não tivessem coincidido determinadas condições. Juntamente com o açúcar, é necessário que exista levedura, e a das uvas que os primeiros homens reuniram, aparentemente ao acaso, nos seus diversos tipos, devem ter sido leveduras de origem natural. Hoje, sabemos que algumas destas leveduras de origem natural não são muito boas para o vinho e apenas, como muito, podem chegar à fermentação. Porém, provavelmente tenham feito o trabalho suficiente como para conseguir que o homem primitivo tivesse chegado onde devia, o que, de acordo com as primeiras escritas sobre vinho, foi o lugar dos deuses.