Etiqueta: gim-tonica

O Gim tônica e suas harmonizações

 TAGS:A degustação de gim tônicos está de moda, e não só em bares e restaurantes, mas também em muitas degustações de gim tônicas com suas correspondentes harmonizações para desfrutar de um sarau completo.

Um exemplo para harmonizar perfeitamente o gim tônica são os hamburguers, quem diria! Agora a tendência, que chega dos Estados Unidos, faz a união entre a degustação do hambúrguer com o gim de diversos tipos e marcas.

Um gim dos Estados Unidos para harmonizar?  O Gin N 209 1L

E, se fazemos um aperitivo, os bares mais modernos apostam por ingrendientes e sabores frutais das ginebras com melhor reputação misturadas, para comer com queijo parmesão, legumes grelhados e anchovas. Um gim afrutado para combinar? Já provou o 5 Th Fire Red Fruits Gin?

Também há quem prefere degustar do gim tônica durante o almoço ou jantar, para experimentar novos sabores. Neste caso, a combinação perfeita é com pratos como frutos do mar e peixes como a merluza e o bacalhau. Um gim mais complexo? Gin Magellan.

O segredo é misturar sabores salgados e doces com a amargura do gim tônica e todo tipo de ingrendiente que podemos provar em gim tônicas de frutas, especiarias… como as tônicas especiais de lavanda ou cardamomo.

Es um amante do gim tônico? Entao hoje recomendamos 2 grandes gins:

 TAGS:Gin Brockman'sGin Brockman’s

Aromas de frutas vermelhas e cítricas

 

 

 TAGS:Gin Mombasa ClubGin Mombasa Club

Plantas exóticas, raiz de angélica, cascas, sementes de coentro cássia

O Gim e o seu passado

O Gim é uma bebida destilada inglesa, derivada da bebida holandesa genever (genebra). Esta aguardente é feita a partir da destilação da cevada não maltada e zimbro, além de também ser aromatizada com cardamomo e algumas outras ervas ou frutas, que dão o seu sabor característico. O seu teor alcoólico varia entre 43-47 graus.

 TAGS:A História do Gim

Como comentamos antes, o gim deriva da genebra, de modo que a história de um está ligado ao outro. A genebra tem origem nos Países Baixos (Holanda), no século XVII. O pai desta bebida foi o médico anatomista e cientista alemão Franciscus Sylvius (1614-1672), também conhecido como “Franz de le Boe”.

O Gim alcançou popularidade na chamada Revolução Gloriosa, em 1688, na Inglaterra. A genebra holandêsa, também chamada de “jenever” ou “genever”, foi se tornando um dos destilados mais consumidos, mas este gim tinha um processo de elaboraçao diferente ao que conhecemos hoje em dia.

 No século XVIII, o gim foi favorecido pelo governo britânico com a sua distribuição gratuita, ao mesmo tempo em que subiu os impostos sobre as bebidas alcoólicas importadas. Este feito aumentou a produçao de gim até 6 vezes.

Dizem que o Gim tal como conhecemos hoje começou a ser produzido em 1734, por Alexander Gordon, na sua destilaria em Southwark; e foi chamado de London Gin. Mas é apenas uma hipótese. Desta vez não haverá discussão, apenas um convite para beber Gim.

Gin Hendrick´s: É o Gim mais trendie do momento. Aromas de ervas combinam com uma suavidade imprópria de um destilado com teor alcoólico elevado. Fresco.

Gin 9 Mascaró: Na Espanha não houve uma demanda por gins de alta qualidade até pouco tempo. Agora aparecem novas marcas para cobrir este espaço. Um deles é o 9 Mascaró, um gim com toques citros, com sabor muito agradável.

Bulldog Gin: O nome associa a um cão bravo, mas na verdade é a marca do espírito inglês. É um gim totalmente diferente do resto, elaborado com folhas de lótus ou papoula. Você tem que experimentar.

 Um gim-tônica bem servido é como um ritual. Algumas pessoas gostam com limão, pepino, hortelã… Qual gim você usa? Qual recomenda?