Etiqueta: cocktail

Cocktails com chá

 TAGS:undefinedExiste um grande número de cocktails que podem ser preparados de variadíssimas maneiras e com diferentes ingredientes. Desta vez, a nossa selecção é dirigida aos amantes do chá e a todos aqueles que não pretendam passar frio.

Chá Irlandês (Quente)

Ingredientes:

  • 45ml de whisky irlandês
  • 120ml de chá quente
  • 1 pau de canela

Preparação:

  1. Junte o whisky e o chá quente numa chávena.
  2. Mexa com o pau de canela e deixe-o dentro da chávena.

Cocktail de caramelo com chá de gengibre

Ingredientes:

  • 1 saqueta de chá Lipton de baunilha e caramelo
  • 200ml de água
  • 1 gengibre fresco
  • 1 ½ chávena de leite evaporado
  • 1 shot de rum branco
  • 1 chávena de leite condensado
  • 2 vagens de baunilha
  • Folhas de menta
  • Manga cortada em cubos

Preparação:

  1. Numa panela suficientemente grande, ponha a água, a saqueta de chá, o gengibre e os leites.
  2. Ferver durante 2 minutos e apagar.
  3. Coar e deixar arrefecer.
  4. Uma vez fria, junte um shot de rum branco à bebida e misture na batedora, a alta velocidade, durante um minuto.
  5. Servir em copos e decorar com as vagens de baunilha, as folhas de menta ou os cubos de manga.

Smoked Souchong

Ingredientes:

  • 120cc infusão Dilmah Lapsang Souchong
  • 180cc Gin Hendrick’s
  • 60cc xarope de gengibre
  • 60cc sumo de toranja
  • 80cc clara de ovo
  • 1gr de Dilmah Lapsang Souchong

Preparação:

  1. Juntar todos os ingredientes e agitar bem num shaker.
  2. Servir a mistura num bule.

 TAGS:Ron Havana Club 3 AñosRon Havana Club 3 Años

Ron Havana Club 3 Años

 

 

 TAGS:Connemara Peated Single MaltConnemara Peated Single Malt

Connemara Peated Single Malt

4 cocktails contra o frio

 TAGS:undefinedE quando o frio chega é preciso ter vários recursos para o combater. Alguns deles, de preferência perto de uma lareira, são estas 4 receitas de cocktails contra o frio.

1. Sol de Inverno

Ingredientes:

  • 60ml de sumo de tangerina  
  • 15ml de sumo de limão
  • 1 parte de triple seco (Cointreau)
  • 45ml de Vodka
  • Açúcar a gosto
  • Um raminho de alecrim

Preparação:

  1. Deitar os sumos num shaker sem gelo.
  2. Juntar a vodka e o triple seco e agitar muito bem.
  3. Com um pouco de sumo de tangerina cristaliza-se o açúcar no bordo do copo.
  4. Servir decorado com alecrim.

 
2. Rothes Original

Ingredientes:

  • 6cl. de The Glenrothes Select Reserve
  • 2 colheradas de açúcar moreno ou pão de gengibre moído para dar um toque de condimento.
  • 2cl. de doce de leite
  • 1 gota de essência de baunilha
  • Sumo de ½ lima
  • 1cl. de caramelo líquido

Preparação:

  1. Introduzir num shaker todos os ingredientes com um pouco de gelo e agitar bem, até obter uma mescla homogénea.
  2. Servir em copo baixo e sem gelo.
  3. A superfície pode ser decorada com chantilly ou natas batidas.

 
3. Ponche de Romã e Champanhe

Ingredientes:

  • 1 ½ chávenas de sumo de romã
  • 1 chávena de néctar de pera
  • ¼ de licor de laranja
  • 1 garrafa de champanhe

Preparação:

  1. Numa jarra grande, misturar e agitar bem todos os ingredientes excepto o champanhe. Adicionar o champanhe.
  2. Servir em copos baixos com gelo a gosto.

4. Monte Cristo

Ingredientes:

  • 15ml de licor de laranja
  • 15ml de licor de café
  • 120ml de café
  • Nata batida

Preparação:

  1. Servir o café quente e juntar os dois licores.
  2. Cobrir a superfície com um pouco de nata.
  3. Saborear!

 TAGS:CointreauCointreau

Cointreau

 

 

 TAGS:Absolut FacetAbsolut Facet

Absolut Facet

3 cocktails (deliciosos) com café

 TAGS:undefinedPara alguns faz parte de um ritual matinal que ajuda a começar o dia, para outros é perfeito para as longas e agradáveis conversas que surgem após uma refeição em boa companhia. Mas não há dúvida de que o café é uma das bebidas mais populares do mundo. O seu sabor, forte e aconchegante, assim como o efeito energético que produz, fizeram dele um elemento básico na alimentação de muitas pessoas.

Seja qual for o seu momento preferido para tomar café, hoje trazemos uma selecção de 3 cocktails de café, de que certamente irá gostar.

Galo da manhã

Um cocktail de origem mexicana, potente e forte, como o canto de um galo pela manhã.
Ingredientes:

  • 40ml de Tequila Reposado
  • 15ml de Licor de Café
  • 230ml de Café
  • 2 colheradas de Néctar de Agave
  • 1 colherzinha de Creme de Leite
  • 1 colherzinha de Extracto de Baunilha
  • Noz moscada

Elaboração:

  1. Misturar o néctar de agave, o creme de leite e o extracto de baunilha até adquirir consistência.
  2. Juntar tequila, licor de café, uma chávena do mesmo, e cobrir com a mistura feita anteriormente. Decorar com noz moscada moída.

Urabá

Este cocktail tem o mesmo nome da região colombiana de Urabá; um cruzamento de caminhos entre o Oceano Pacífico e o Atlântico, que separa a América do Sul e a América Central. É uma bebida que une a essência das Caraíbas, em forma de rum e banana, e a qualidade do café colombiano.

Ingredientes:

  • 1 Café Expresso
  • 30ml de Rum Branco
  • 30ml de Licor de Banana

Elaboração:

  1. Não pode ser mais simples: Introduzir todos os ingredientes num shaker e agitar bem.

Expresso Martini

A bebida preferida do agente secreto James Bond é um dos cocktails mais famosos do mundo, elegante e sofisticado, é especial para acompanhar bons momentos. Aqui fica uma versão para os amantes de café.

Ingredientes:

  • 45ml de Licor de Café
  • 30ml de Vodka
  • 30ml de Café Expresso

Elaboração:

  1. Introduzir todos os ingredientes num shaker e agitar até ficar homogéneo. Servir em copo de Martini com gelo.

E agora…mãos à obra! Tchim-tchim!

 TAGS:Licor de Café RuaviejaLicor de Café Ruavieja

Licor de Café Ruavieja

 

 

 TAGS:Bailey's Irish Cream CaramelBailey’s Irish Cream Caramel

Bailey’s Irish Cream Caramel

Cocktail Rob Roy

 TAGS:undefined

Para os apreciadores de cocktails com whisky, hoje apresentamos um cocktail com passado histórico : )

O cocktail Rob Roy mistura whisky escocês e presta homenagem ao escocês Robert Roy MacGregor, Rob Roy, ou mais vulgarmente conhecido como Robin Hood escocês. Consta que foi elaborado pela primeira vez no bar do hotel Waldorf Astoria e graças ao peso do nome Rob Roy tornou-se popular em todo o mundo.
Como nota adicional, referimos que não existem muitos cocktails elaborados com whisky escocês, já que este é habitualmente mais forte.

Ingredientes:

  • 2 onças de whisky escocês.
  • 3/4 de onça de vermute italiano rosso.
  • 1 pingo de angostura ou bitter.
  • Gelo.
  • Cereja ou casca de laranja.

Preparação:
Extremamente fácil de preparar. Deitar os ingredientes, e muito gelo, num copo misturador. Servir numa taça de cocktail bem fria e decorar com uma cereja ou uma casquinha de laranja.

Variações:

Algumas das variações do cocktail Rob Roy permitem substituir ingredientes como por exemplo introduzir uma parte de vermute seco e outra de vermute doce, no entanto, é preciso sublinhar que a melhor combinação é a do vermute rosso com whisky escocês.

Recomendações:

 TAGS:Lagavulin 16 AnosLagavulin 16 Anos

Lagavulin 16 Anos é um uísque Single Malt de Escócia que tem um volumen de álcool de 43º. Os utilizadores de Uvinum dão a Lagavulin 16 Anos 4,1 pontos de 5.

 

 

 TAGS:Hibiki 12 anosHibiki 12 anos

Hibiki 12 anos: – Os japoneses conseguiram elaborar whiskies excepcionais e de estilo escocês…

Os 20 segredos de um barman

 TAGS:undefined

Para quem pretende converter-se num grande barman, seja para deslumbrar os convidados em casa ou por necessidade profissional, aqui ficam alguns conselhos para garantir o êxito.

  1. Conhecer bem cada ingrediente com o qual se trabalha (*whisky*, vodka, rum,etc…). Além das *receitas dos cocktails* tradicionais, é fundamental não deixar morrer a curiosidade e avaliar novas opções para oferecer aos clientes.
  2. Trabalhar com rapidez e sobretudo com serenidade, mesmo quando a quantidade de pedidos é assustadora.
  3. Servir os *destilados com mais qualidade* em vez de grandes quantidades de má qualidade. Um bom barman sabe que tem uma responsabilidade com os clientes.
  4. A simpatia e o saber receber reconfortam. O segredo para que os clientes voltem é criar uma boa relação com eles.
  5. É agradável voltar a um sítio onde se lembram do teu nome. É importante recordar os nomes dos clientes habituais, quando acontece, eles voltam e trazem amigos. 
  6. A discrição na relação com os clientes é fundamental.
  7. Manter a ordem e a limpeza onde trabalhamos facilita e melhora o ritmo de trabalho.
  8. Explicar cada cocktail aos convidados ou clientes ajuda-os a escolher mais de acordo com aquilo que preferem.
  9. Gostar daquilo em que se trabalha gera um ambiente único, a alegria e a colaboração na equipa de trabalho reflecte-se nos clientes.
  10. A tua apresentação é o cartão de visita do bar ou da festa em que trabalhas…
  11. É necessário verificar se os clientes estão satisfeitos e querem mais um cocktail, sem insistência, com subtileza e simpatia.
  12. Um cocktail com um sorriso é sempre bem-vindo…
  13. Quando não há muitos pedidos é sempre possível conversar com os clientes, mas é importante não esquecer que estamos a trabalhar.
  14. Aprender gastronomia ou aprofundar conhecimento nessa área sempre será útil.
  15. Aprender novas línguas é sempre uma ferramenta útil, neste ou qualquer outro ofício onde a comunicação é fundamental.
  16. Serenidade, acima de tudo.
  17. Organizar o lugar dos ingredientes que se utilizam nos cocktails permite fazer caminhos curtos, melhorar o ritmo e a rapidez do trabalho.
  18. Cada cocktail possui uma medida correcta para cada ingrediente, assim como a sua qualidade… Um cocktail diz muito sobre a reputação de quem o elabora…
  19. A velocidade e eficiência no trabalho de um barman é importante.
  20. Ouvir um cliente é um dos segredos de um barman…

Hoje recomendamos:

 

 TAGS:Martin Miller's GinMartin Miller’s Gin

Martin Miller’s Gin: elaborado com água de glacial da Islândia…um dos gins mais puros do mercado.

 

 

 TAGS:Hibiki 12 anosHibiki 12 anos

Hibiki 12 anos: o whisky japonês subiu de nível, talvez por seguir a tradição escocesa?

 

 

O segredo de um gin tónico perfeito? Um gin perfeito

O gin tónico perfeito apenas tem um segredo. Bom…dois: o primeiro é a qualidade do gin, o segundo, que a mistura não oculte os aromas originais do próprio gin. Nem tónicas muito originais, nem condimentos em demasia. Qualidade e simplicidade, e a partir daí; a saborear!

Gin tónico clássico

Para obter a sua versão genuína, a escolha do gin passa por um clássico como Seagrams ou Tanqueray, nos quais o zimbro tem a função predominante.

 TAGS:undefinedIngredientes:

  • Um shot de gin Seagrams
  • Uma mini de tónica Fever Tree
  • Gelo (com água de mineralização baixa)
  • Um limão
  • 4 ou 5 bagas de zimbro

Elaboração:

Colocar gelo num copo de balão até cobrir. Cortar uma casca de limão (sem parte branca), espremê-la dentro do copo e deslizá-la no bordo do mesmo antes de a juntar ao gelo. Apertar algumas das bagas (cuidadosamente para não as partir) e deixar dentro do copo. Adicionar o gin, e, com suavidade, a tónica. Uma colher de cabo entrelaçado ajuda a que escorregue mais suavemente.

Gin tónico cítrico

O ideal para esta receita é escolher um gin com mais notas cítricas, como o Citadelle (maior presença de limão e além de mais, suave e com sabor de especiarias).

Ingredientes: TAGS:undefined

  • Una medida de chupito de ginebra Citadelle
  • Um shot de gin Citadelle
  • Uma mini de tónica Fever Tree Lemon
  • Gelo (com água de baixa mineralização)
  • Uma laranja

Elaboração:

Colocar gelo num copo de balão até cobrir. Cortar uma casca de laranja (sem parte branca) , espremê-la dentro do copo e deslizá-la no bordo do mesmo antes de a juntar ao gelo.  Adicionar o gin, e, com suavidade, a tónica. Uma colher de cabo entrelaçado ajuda a que escorregue mais suavemente. 

Gin tónico floral

O toque floral é dado por um gin como o Bulldog, onde predominam sabores vegetais como a semente de papoila. Também podem ser incluídas algumas folhas seca de alfazema, flor de laranjeira e rosa.

 TAGS:undefinedIngredientes:

  • Una medida de chupito de ginebra Bulldog
  • Um shot de gin Bulldog
  • Uma mini de tónica  Boylan
  • Gelo (com água de baixa mineralização)
  • Uma quantidade moderada de folhas secas de alfazema, flor de laranjeira e rosa

Elaboração:

Colocar gelo num copo de balão até cobrir. Adicionar as folhas secas secas de alfazema, flor de laranjeira e rosa. Adicionar o gin, e, com suavidade, a tónica. Uma colher de cabo entrelaçado ajuda a que escorregue mais suavemente. Deixar repousar para que dê tempo a que as folhas se hidratem e servir.

 

 

 

Agora só falta que saboreies o teu gin tónico e te deixes embriagar pelo seu paladar fresco e especial… Saúde!

 

 TAGS:Seagram's GinSeagram’s Gin

Seagram’s Gin

 

 

 TAGS:Gin CitadelleGin Citadelle

Gin Citadelle

 

 

 TAGS:BulldogBulldog

Bulldog

 

 

 TAGS:Fever TreeFever Tree

Fever Tree

 

 

 TAGS:Fever Tree Lemon Tonic 200mlFever Tree Lemon Tonic 200ml

Fever Tree Lemon Tonic 200ml

 

 

 TAGS:Boylan TonicBoylan Tonic

Boylan Tonic

O cocktail Brain-Duster

 TAGS:undefinedO Brain-duster deve o seu nome a George J. Kappeler, que o criou em 1895, é um cocktail elaborado com absinto, whisky, vermute e amargo de angostura (bitter).

Habitualmente é servido em copo de cocktail e a sua aparência é leitosa e ligeiramente esverdeada devido ao absinto (a marca Absinto é a mais recomendável para a sua elaboração).

Os ingredientes do Brain-duster

Elaboração do Brain-duster

Mistura todos os ingredientes com gelo picado e coa o líquido num copo de cocktail.

Há quem substitua o absinto por pastis ou pernod, não é recomendável utilizar losna, mas quem o faz assegura que deve ser de 100º para conseguir um resultado mais eficaz. Outros preferem o bourbon e inclusive existem variações que incluem xarope de cana.

O absinto, elaborado com a planta Artemisa Absinthium é conhecido como ?fada verde? e possui um sabor de anis que confere personalidade ao Brain-duster. Antigamente, o absinto era vendido como bebida medicinal nas farmácias mas depois gerou controvérsia e actualmente é uma bebida carregada de história e misticismo, muitas vezes incorporada a cocktails, tal como o que hoje descrevemos.

Em relação ao amargo de angostura, utiliza-se como bitter em diferentes cocktails e mesmo em culinária. Inicialmente foi usado para combater as dores de estômago, hoje é o aliado ideal para fortalecer os sabores de cocktails como o Mojito e a Cuba-livre.

As nossas recomendações para um Brain-duster espectacular:

 TAGS:Absinto Collector Mari MayansAbsinto Collector Mari Mayans

Absinto Collector Mari Mayans: o absinto de Ibiza

 

 

 TAGS:Hibiki 17 yearsHibiki 17 years

Hibiki 17 years: um whisky japonês com as melhores virtudes dos escoceses

 

 

 TAGS:Vermouth Perucchi Gran Reserva 1LVermouth Perucchi Gran Reserva 1L

Vermouth Perucchi Gran Reserva 1L: o vermute mais elegante e refinado, frutado e com o seu tradicional fundo amargo

 

 

 TAGS:Angostura 200mlAngostura 200ml

Angostura 200ml: o complemento indispensável dos cocktails

 

Moscow Mule, vodka num cocktail poderoso

 TAGS:undefinedA partir de agora as combinações feitas com vodka vão dar muito que falar. Por agora, vamos falar-vos sobre um dos cocktails mais deliciosos em que esta bebida branca é protagonista.

O cocktail nasceu nos anos 40, na licoreria Cock ?n Bull, nos Estados Unidos, quando dois amigos decidiram misturar os sabores desta taberna, onde se bebia sobretudo cerveja. Escolheram a cerveja de gengibre para misturar com vodka e, tal como costuma acontecer com a maioria dos cocktails, encontraram um sabor fantástico, cítrico e forte, que rapidamente se tornou popular em todo o mundo.
No entanto, há quem diga que este cocktail foi concebido no restaurante Mula, em Hollywood, que os responsáveis decidiram juntar todos os ingredientes menos utilizados nos outros cocktails e o resultado foi o Moscow Mule.
Apesar de não ter conseguido alcançar o êxito de outras misturas que utilizam a lima como ingrediente (mojito, caipirinha), é uma bebida refrescante, com um toque exótico, graças à lima, e que pode ser bebida a qualquer hora, ainda que as noites de Verão sejam as mais indicadas.

Ingredientes

  • 60 ml. de vodka
  • 30 ml. de sumo de lima
  • 90 ml. de cerveja de gengibre

Preparação

Mesmo muito fácil! Juntar a vodka, o ginger ale e o sumo de lima num misturador com gelo. Agitar e coar para um copo alto e com muito gelo. Para decorar, pode-se usar uma rodela de lima e também açúcar cristalizado na borda do copo para tornar a bebida mais doce.

 TAGS:Fever Tree Ginger AleFever Tree Ginger Ale

Fever Tree Ginger Ale

 

 

 TAGS:Grey Goose Vodka 1LGrey Goose Vodka 1L

Grey Goose Vodka 1L