Etiqueta: champagne

Os melhores aperitivos para um evento empresarial

 TAGS:undefinedNão entramos apenas na Primavera, mas também na temporada de eventos empresariais, feiras e palestras. Este tipo de acontecimento implica um bom serviço de catering, que deve adaptar-se a diferentes tipos de paladar.

A maioria dos aperitivos servidos nestas ocasiões são leves, frios ou quentes e de tamanho pequeno. Os cocktails de cava ou champanhe costumam ser um bom início, tanto para começar a conhecer os restantes participantes, como para preparar o estômago.

Dependendo da hora a que é servido o aperitivo, também é importante a presença de sumos (naturais, dois diferentes mínimo) e alguns refrescos.

Após os primeiros cocktails, as mesas devem estar preparadas com vinho branco e vinho tinto. É recomendável que estes vinhos possuam uma baixa graduação alcoólica, que sejam vinhos de qualidade, com Denominação de Origem e de preferência da região onde decorre o evento ou da região de origem da empresa que o patrocina.

Tal como os vinhos, também as cervejas devem marcar presença, sobretudo se os eventos decorrem em épocas com temperaturas altas. É aconselhável que a cerveja seja nacional e se for possível servir algumas variedades artesanais.

Também é agradecido encontrar vermute neste tipo de reuniões. O branco é elegante, de menor graduação alcoólica e bastante recomendável. Em algumas ocasiões são servidos cocktails sem álcool, são frescos e deixam um bom paladar para entrar na refeição ou mesmo para voltar às actividades previstas. No entanto, existe sempre a opção de servir um cocktail original, com um leve toque alcoólico.

Dependendo do tipo de organização e das actividades, muitos eventos empresariais utilizam os “clássicos”: Um champanhe ou cava de prestigio, a cerveja nacional de maior consumo, um bom vinho com Denominação de Origem conhecida ou tipo de cocktail conhecido por todos.

 

 TAGS:Moët & Chandon Brut ImpérialMoët & Chandon Brut Impérial

Moët & Chandon Brut Impérial: um vinhos espumantes Champagne está elaborado com pinot noir e pinot meunier e 12,5º de álcool en volume. 

 

 

 TAGS:Quinta do Vesúvio 2011Quinta do Vesúvio 2011

Quinta do Vesúvio 2011: um vinhos tinto da D.O. Douro a base das castas touriga nacional e touriga franca de 2011 e com uma teor de álcool de 14º.

 

 

Feliz Natal (e feliz vinho)!

 TAGS:undefinedFinalmente, já é Natal! Chegou o momento de abrir o cava e o champanhe, decantar os vinhos de reserva (não te esqueceste de os guardar no sítio adequado, pois não?) e brindar por umas boas festas, ainda que seja com a camisola da rena que a tua sogra ou a tua mãe te ofereceram…

Sim, chegou o momento de pensar em todas as coisas boas que aconteceram nestes 12 meses e de o celebrar com a família e com os amigos.

Pela nossa parte, esperamos ter contribuído para que o teu ano fosse um pouco mais feliz, com aquilo de que mais gostamos: o vinho. Depois de 6 anos online, estamos felizes de continuar a ajudar-te a descobrir novidades, os bons vinhos, os mais premiados e sempre, sem esquecer, a melhor opção ao melhor preço, de acordo com as tuas necessidades.

Além de mais, este ano quisemos animar as festas com várias iniciativas novas, esperamos que te tenham ajudado a conseguir os melhores vinhos, champanhes e destilados para partilhar e saborear, à mesa com os teus. Como exemplo destas iniciativas, podemos dizer que lançamos o nosso Especial de Natal e trabalhamos realmente muito, para te poder oferecer uma taxa fixa de envio

Ah, e mais! Também fomos um pouco geeks com o nosso Wine Wars (ainda não escolheste um dos lados da força vinícola?) É que o espírito de Natal, a estreia de Star Wars, em suma; o despertar da Força, arrastaram-nos até à galáxia… (não esquecer que para além do vinho, adoramos tecnologia).

De modo que, depois deste pré-Natal tão intenso e para não te roubarmos mais tempo, queremos dizer-te que: Nico, Albert L., Albert G., Vero, Ben, Ana, Óscar, Fran, Audrey, Pablo, Eduard, Marcos, Javi, Sandra, Francesca, Giovanni, Roberto, Sara, Miguel, Maria, Pri, Elisabeth, Johanna, Rafa e Cèlia te desejam FESTAS FELIZES e que o ano novo, que já está à porta, te traga o melhor! Saúde e Vinho (se recebeste a camisola da rena podes beber 2 copos ou mais, nós compreendemos…: ) !

 

 

 

 

 

 

O jantar de Natal na Europa

 TAGS:undefinedO bacalhau, as rabanadas e o vinho do Porto estarão presentes em muitas mesas portuguesas neste Natal. Mas, o que se come e bebe durante estas festas no resto da Europa? Vamos passar por alguns dos jantares de Natal tradicionais europeus. Tira notas, para o caso de quereres introduzir alguns pratos novos no teu menu de Natal de 2015.

Jantar de Natal em Inglaterra

Por terras germânicas abundam as sobremesas e doces, por isso no Natal é frequente encontrar puddings de vários sabores com fruta da época, bolachas de gengibre decoradas com desenhos de Natal e bolos como o tronco de Natal. Mas antes das sobremesas, habitualmente, os ingleses comem peru assado com batatas. Para beber, como faz muito frio, vinho quente com açúcar e especiarias, o Mulled Wine é uma autentica tradição.

Jantar de Natal na Bélgica

Aqui também se come peru e os doces não faltam, sobremesas de creme, chocolates belgas de diferentes sabores. O champanhe e o vinho francês ou italiano são as bebidas preferidas dos belgas.

Jantar de Natal na Itália

O jantar de Natal em Itália varia desde o capão a diferentes tipos de peixe. A sobremesa, essa é mundialmente conhecida, o panettone e o pandoro. Para além dos vinhos de Denominação de Origem italiana, também é habitual beber vinho quente com especiarias e fruta.

Jantar de Natal na Suécia

O Norte da Europa, compreensivelmente, prefere bebidas quentes. Como tal, os suecos bebem frequentemente julmust, com malte e lúpulo. Para além de excelente peixe, o jantar também conta com presunto do país, doces de chocolate e as famosas bolachas de gengibre.

Jantar de Natal na Alemanha

A combinação de pratos é variada, desde pato a cabrito assado, neste jantar familiar tradicional cada membro da família recebe um prato de doces e frutas. Aqui, o vinho quente é uma receita de *vinho tinto*, limão, canela, cravinho, açúcar e outras especiarias. E o champanhe não falta!

E tu? Que vais jantar este Natal? Já escolheste os vinhos? Hoje recomendamos:

 TAGS:Barros Vintage 1985Barros Vintage 1985

Barros Vintage 1985: um vinhos generoso com D.O. Porto a base de uvas de 1985 e com 20º de teor de álcool.

 

 

 TAGS:Dow's 2011Dow’s 2011

Dow’s 2011: um vinhos generoso com D.O. Porto com um coupage a base de sousao e touriga nacional de 2011

 

 

O champanhe deixa de ser um segredo para ti

 TAGS:undefined

Quando bebemos cava ou champanhe, reparámos na informação que aparece na etiqueta, assim como nas borbulhas que vemos nas garrafas. Alguns dos termos podem ser desconhecidos, porém, graças aos dados que aqui hoje publicamos, o champanhe já não será um segredo para ti.

O sabor doce do champanhe

Existe uma série de palavras que habitualmente são utilizadas para descrever o nível de açúcar e as borbulhas do champanhe. Quase todos têm origem francesa. Por exemplo, Brut, significa que é seco, enquanto que “sec”, em francês pode indicar que o champanhe é acentuadamente doce e “doux”, muito doce.

As classificações

Habitualmente, as classificações estão relacionadas com o conteúdo de açúcar do champanhe, que algumas normativas estabeleceram do seguinte modo:
0-3g – Brut Nature ou Brut Zéro; 0-6g – Extra Brut; 0-12g – Brut.

Na classificação Sec: 12-17g – Extra Seco; 17-32g – Sec ou Seco; 32-50g – Demi-Sec ou Meio-Seco. Quando se refere a Doux, mais de 50g – doce.

As borbulhas e os seus nomes

Também é importante saber que cada país possui o seu próprio modo de descrever o vinho espumante, o champanhe e o cava. Em Itália, por exemplo, os vinhos espumantes pertencem a duas categorias: ligeiramente espumante, a que chamam frizzante e espumante total, chamado spumante.

Na Alemanha, os vinhos espumantes chamam-se Sekt, aos vinhos mais baratos chamam-lhe Schaumwein e aqueles que são ligeiramente espumantes são chamados Perlwein.
Em Espanha o vinho espumante recebe o nome de Cava e possui uma normativa específica.

Em França, o nome Champagne é apenas aplicado ao vinho proveniente da região com o mesmo nome. O Crémant é realizado com um método específico; o Champenoise. E o termo Mousseux é utilizado para designar os vinhos de agulha.

 

 TAGS:Moët & Chandon Brut ImpérialMoët & Chandon Brut Impérial

Moët & Chandon Brut Impérial: Espumante com Denominação de Origem de Champagne, castas Pinot noir e Pinot meunier. 12,5º de graduação alcoólica. 

 

 

 TAGS:Gramona Allegro Reserva BrutGramona Allegro Reserva Brut

Gramona Allegro Reserva Brut: inho espumante com Denominação de Origem Cava. Elaborado com as melhores uvas de Parellada e Xarel·lo. 12.00º de graduação alcoólica. 

 

As sobremesas mais doces com vinho

 TAGS:undefined

As sobremesas com vinho são geralmente uma opção excelente para saborear num fim-de-semana depois de uma boa refeição entre amigos ou em qualquer outro dia se és dos que não resistem a doces.

Hoje, partilhamos 2 receitas de sobremesas feitas com um pouco de vinho e temos a certeza de que vais gostar.

Peras com vinho e leite-creme

Esta sobremesa pode ser preparada em aproximadamente uma hora, é a quantidade ideal para 3 pessoas e tem um nível médio de dificuldade.

Ingredientes:

  • 3 peras
  • 750ml de vinho tinto
  • A casca de um limão
  • A casca de uma laranja
  • Canela
  • 200g de açúcar

Para o leite-creme:

  • 750ml de leite
  • 3 gemas de ovo
  • 3 colheres de açúcar
  • A casca de um limão
  • 1 colherzinha de farinha maizena
  • 1 vagem de baunilha
  • Canela a gosto

Preparação:

  1. Preparar as peras, começando por dissolver o açúcar numa panela quente. Juntar as cascas de limão e de laranja e um pouco de canela.
  2. Descascar as peras e cozinhar durante 45 minutos a fogo lento na panela com os ingredientes anteriores.
  3. Para preparar o leite-creme deitar o leite, a casca de limão, 2 colheres de açúcar e a baunilha numa panela e cozinhar até ferver.
  4. Bater as gemas, a maizena e uma colher de açúcar. Quando o leite ferver, juntar, em colheradas, as gemas batidas e continuar a misturar. Deitar a mistura na panela do leite, e a lume brando, mexer continuamente até espessar. Passar por um coador no final.
  5. Servir as peras em base de leite-creme.

Bolo de chocolate e vinho tinto

Existem poucas coisas tão boas como uma fatia de bolo e um copo de vinho depois de um longo dia de trabalho. Faz um bolo em uma hora e meia. Depois, senta-te e saborea.

Ingredientes:

  • 180ml de vinho tinto
  • 180g de açúcar
  • 3 colheres de cacau puro em pó
  • 180g de manteiga
  • 120g de farinha
  • 2 colherzinhas de fermento
  • 4 ovos a temperatura ambiente
  • 1 colher de farinha de maizena
  • 1 colherzinha de manteiga

Elaboração:

  1. Untar uma forma com um pouco de manteiga. Aquecer o vinho, o cacau e o açúcar numa panela pequena e reservar.
  2. Aquecer o forno a 170ºc com calor acima e abaixo. Bater as claras e reservar as gemas.
  3. Misturar as gemas com a maizena e a mistura de vinho já referida. Aquecer a mistura até espessar.
  4. Reservar 150ml desta mistura para a cobertura. Juntar a farinha, o fermento e as claras com a mistura restante. Deitar na forma e levar ao forno durante 40 minutos.
  5. Retirar do forno e cobrir com a mistura anteriormente reservada.

E para acompanhar estas sobremesas, nada melhor que uma das nossas recomendações.

 TAGS:Ferreira Vintage 2000Ferreira Vintage 2000

Ferreira Vintage 2000 das adegas Ferreira: um vinhos generoso de D.O. Porto realizado com tinta Roriz e touriga Nacional da colheita 2000 e 20.50º de álcool. 

 

 

 TAGS:Moët & Chandon Ice ImpérialMoët & Chandon Ice Impérial

Moët & Chandon Ice Impérial  é um vinhos espumante com D.O. Champagne das adegas Moët & Chandon com pinot Noir e pinot Meunier e tem um grau alcoólico de 12º.

 

 

*Imagem: Julia Khusainova (flickr)

5 cocktails que certamente vais adorar para a festa do Natal

Com o Natal à porta hoje pretendemos partilhar contigo alguns dos melhores cocktails para que os possas saborear com os amigos e a família. São 5 cocktails que certamente vais adorar e também nos atrevemos com outros, destinados aos membros mais pequenos. Qual escolhes?

 TAGS:undefined

Cocktail Clericó

Este cocktail é perfeito para a festa do Natal. É feito com um licor suave e muita fruta, oferece um sabor delicado e está indicado para todas as idades.

Ingredientes:

  • Vinho branco
  • 1 litro de água mineral com gás
  • Maçãs cortadas sem casca
  • Laranjas em gomos
  • Uvas pretas e brancas
  • Melão cortado e macerado em açúcar
  • 300 gr de ananás cortado
  • 300 gr de açúcar

Elaboração:

  1. Lavar e cortar a fruta em pequenos pedaços.
  2. Deixar as frutas macerar em açúcar durante 12 horas.
  3. Adicionar o vinho branco aos restantes ingredientes.

 TAGS:Campo Nuevo Blanco 375ml 2010Campo Nuevo Blanco 375ml 2010

Campo Nuevo Blanco 375ml 2010

 

 

Cocktail Daikiri

Este cocktail com morangos e limão pode ser o aperitivo ideal para o Natal. A presença do rum torna-o extremamente saboroso.

Ingredientes:

  • Gelo
  • Limão
  • Açúcar
  • 200 gr de morangos
  • 50cl de Rum branco
  • Menta fresca

Elaboração:

  1. Colocar o gelo, o limão e o açúcar no copo misturador.
  2. Liquefazer até o gelo ficar bem triturado.
  3. Juntar os morangos cortados.
  4. Adicionar o rum e liquefazer até obter uma mistura granizada.

 TAGS:Wray & Nephew White OverproofWray & Nephew White Overproof

Wray & Nephew White Overproof

 

 

Cocktail Aperitivo de Natal

Apesar de ser um cocktail que se serve morno, pode ser acompanhado por champanhe gelado se pretendemos uma bebida mais fresca.

Ingredientes:

  • 20 cl de licor de bitter
  • 50 cl de champanhe
  • 1 cereja de marasquino

Elaboração:

  1. Misturar o licor bitter e o champanhe
  2. Servir em copo flute e decorar com a cereja.

 TAGS:CampariCampari

Campari

 

 

Champanhe tutti-frutti

Receita ideal para festas já que é agradecidamente refrescante após as abundantes refeições de Natal. Também podem ser utilizados outros sabores de gelado.

Ingredientes:

  • 1 L de champanhe ou cava.
  • 1 L de gelado tutti fruti (ou outro sabor).

Elaboração:

  1. Colocar o champanhe e o gelado no frigorífico um dia antes
  2. Ao servir, colocar na 2 bolas de gelado na taça e completar com champanhe

 TAGS:ReymosReymos

Reymos

 

 

Ponche de baunilha

Este cocktail é feito com ponche de leite, canela, baunilha e whisky. É cremoso e de sabor muito agradável.

Ingredientes:6 ovos

  • 1 L de leite
  • 6 colheres de baunilha
  • 1 pacote de pudim rápido
  • 1/2 pau de canela
  • 1/2 vagem de baunilha
  • 1/2 copo whisky

Elaboração:

  1. Aquecer o leite com o pau de canela e o whisky preferido.
  2. Bater os ovos com o açúcar até obter uma massa esbranquiçada.
  3. Quando o leite ferver, adicionar o pudim rápido desfeito previamente num pouco de leite.
  4. Apagar quando a mistura se torne espessa e deixar repousar até que o leite arrefeça.
  5. Adicionar os ovos gradualmente ao leite e não deixar de mexer com uma colher.

 TAGS:Bell'sBell’s

Bell’s

 

 

Que tal? Esperamos que estes cocktails tornem a festa de Natal ainda melhor!

As 10 marcas de Champagne mais poderosas

 TAGS:cham,champanhe Conhecer as marcas pioneras do mercado de Champagne ajuda ao consumidor escolher as opçoes disponíveis quando o assunto é qualidade e tendências, já que este mercado esta cada vez mais competitivo, e saem a ganhar as maiores marcas e melhor posicionadas. Se queres comprar Champagne, aqui vão as marcas mais reconhecidas mundialmente:

5. Laurent-Perrier: Para celebrar seu aniversário 200, Laurent-Perrier lançou uma edição limitada de cuvée, que consta de vinho vintage de 1990, 1993 e 1995 para ser engarrafada e sair ao mercado. Esta marca é patrocinadora da Feira das Flores de Chelsea, e faz parte do Grupo Laurent-Perrier.

4. GH Mumm: Marca propriedade de Pernod Ricard. Adotou um novo visual, a modificar a embalagem para linha principal de Champagne e a refrescar sua imagem parar atrair o consumidor. As etiquetas foram redesenhadas, mas os vinhos de prestígio seguem com a aparência original.

3. Nicolas Feuillate: É a maior cooperativa de Champagne e vendeu ano passado mais de 9 milhoes de garrafas.

2. Veuve Clicquot: Propriedade de Moët Hennesy, que foi nominada (graças ao seu marketing moderno), casa de Champagne para todos os restaurante de Joel Robuchon, entre os quais se destaca o Atelier de Joel Robuchon, em Londres, dono de 2 estrelas Michelin.

1. Moët & Chandon: Marca que se mantém entre as mais desejadas de Diageo, que não possui o total de suas açoes. É a marca patrocinadora do campeonato de tênis Aefon e ATP World Tour.

Qual a sua marca de champagne favorita? Se queres comprar champagne, recomendamos:

 TAGS:Moët & Chandon Brut ImpérialMoët & Chandon Brut Impérial

Moët & Chandon Brut Impérial, provavelmente o champanhe mais vendido no mundo

 

 TAGS:Mumm Cordon Rouge 375mlMumm Cordon Rouge 375ml

Mumm Cordon Rouge, o primeiro cuveè da França e uma das champagnes favoritas em todo o mundo.

O rum ultrapassa ao champagne na lista de compras dos britânicos

 TAGS:rumA ONS divulgou o resultado de um estudo sobre as compras realizadas por consumidores no Reino Unido. Foi demonstrado uma mudança na tendência de consumo, ao cair as compras de bebidas alcoólicas.

No Reino Unido o consumo de bebidas alcoólicas diminuiu durante anos seguidos, sendo registrado o número mais baixo em 2011. Atualmente foi descoberto que o consumidor médio prefere o rum branco à outras bebidas como o champagne, que teve sua margem de vendas bastante reduzida.

O posicionamento do rum dentro dos licores diversificou a oferta e procura neste mercado que se transforma constantemente. Outros produtos que sofreram queda nestas estatísticas de consumo são os mirtilos, o salame, os livros eletrônicos e as camisetas masculinas.

O ascenção do rum frente ao champagne no mercado britânico leva à reflexão de que esta bebida é mais rentável e adequada para tomar em ocasiões informais que o champagne.

O rum branco, dourado e preto são resultado da fermentação e destilação da cana de açúcar e são ideais para degustar em coquetéis ou sozinhos. O rum branco procede da aguardente e destilados ou misturas dos mesmos, conservados em envases de madeira ou carvalho por um tempo, a garantir sua qualidade e sabor característicos. Também é o ingrediente principal de coquetéis famosos como a Piña Colada e o Cuba Libre.

Gostas de desfrutar do rum? Hoje recomendamos:

 TAGS:Havana Club RitualHavana Club Ritual

Fruto da tradição cubana

 TAGS:Bacardi ElixirBacardi Elixir

Fresco e intenso