Etiqueta: cerveja

3 cocktails com cerveja: Já chegou a Primavera!

A grande vantagem dos cocktails com cerveja é a de se poderem tomar durante o dia, ao almoço e em boa companhia no fim-de-semana. A chegada da Primavera é um bom momento para começar a saboreá-los. Atenção, não perder:

Brass Monkey

Ideal para beber ao almoço ou a meia-manhã. O seu sabor cítrico é muito refrescante.

Ingredientes:

  • 120 ml de sumo de laranja
  • 360 ml de *cerveja de trigo*
  • Amargo de angostura a gosto

Elaboração:

  1. Deitar o sumo de laranja num copo de cerveja frio (deixar os copos no frigorífico durante umas horas).
  2. Juntar gradualmente a cerveja até encher completamente o copo.
  3. Decorar a parte superior com gotas de amargo de angostura.

 TAGS:Hoegaarden Grand CruHoegaarden Grand Cru

Hoegaarden Grand Cru é uma cerveja branca (weißbier) originaria da Bélgica, elaborada com baixa fermentação e com 8º de ABV.

 

 

Gengibre Shandy

Este cocktail tem um sabor ligeiramente picante devido ao gengibre. Um modo diferente de saborear um cocktail de fim-de-semana.

Ingredientes:

  • 120 ml de cerveja de gengibre
  • 180 ml de Pale Ale
  • Gengibre cristalizado a gosto

Elaboração:

  1. Pôr gelo em meio copo baixo.
  2. Juntar a cerveja de gengibre com o gelo.
  3. Deitar gradualmente Pale Ale até encher o copo.
  4. Decorar com um pouco de gengibre cristalizado no bordo.

O refresco de gengibre pode ser substituído mas é aconselhável que não seja demasiado doce.

 TAGS:Coopers Pale Ale 375mlCoopers Pale Ale 375ml

Coopers Pale Ale 375ml é uma cerveja pale ale australiana com 4º de ABV.

 

 

Michelada

A michelada é uma mescla de sabores. Os ingredientes adequados são importantes para saborear este cocktail devidamente.

Ingredientes:

  • 120 ml de Pale Ale
  • 120 ml de sumo de tomate
  • 15 ml de sumo de lima
  • 1 colherzinha de molho picante
  • 1/2 colherzinha de sal de aipo
  • 1/4 de colherzinha de pimenta preta
  • 1/4 de colherzinha de togarashi (opcional)
  • Sal

Elaboração:

  1. Colocar uma base de sal sriracha ou rimming no bordo de um copo de whisky, também pode substituir por sal e pimenta de cayena.
  2. Encher o copo de gelo.
  3. Juntar todos os ingredientes excepto a cerveja e misturar.
  4. Completar o copo com Pale Ale.
  5. Servir imediatamente.

 TAGS:Damm Inedit 75clDamm Inedit 75cl

Damm Inedit 75cl é uma cerveja pale ale feita em Espanha, é elaborada por alta fermentação e tem 4.8º de ABV.

Os 10 bares mais antigos do mundo (II)

 TAGS:undefinedHoje continuamos com Os bares mais antigos do mundo. Desta segunda publicação fazem parte aqueles que se situam fora do Reino Unido e que se destacam por histórias pouco prováveis e interiores imponentes. Não percas esta visita aos pequenos templos onde se saboreia uma boa bebida em boa companhia. E se tiveres oportunidade, visita-os tu mesmo.

Lafitte`s Blacksmith Shop Bar:
Este pub, em New Orleans, tem 292 anos de história. Foi refúgio de piratas, que por ali passavam entre travessia e travessia. O seu nome tem origem nos corsários Jean e Pierre Lafitte.

De Sean Bar:
Em Athlone, na Irlanda, encontra-se este pub com 1114 anos de existência. O livro de recordes Guinness reconheceu-o como o bar mais antigo da Irlanda e a sua idade passou a ser conhecida, quando em 1970, durante uma remodelação, foram descobertos restos de adobe e vime nas suas paredes, habitualmente utilizados durante o séc. X. *Beber uma Guinness aqui parece ser um bom plano*…

Zum Riesen:
Localizado em Mittenberg, na Alemanha, este pub, o mais antigo do país, tem 864 anos. Trata-se de um hotel com bar, construído em 1150 e que já hospedou muitos clientes da realeza, como por exemplo Frederico III. Hoje é património e entre as suas paredes guardam-se histórias de bruxas e homens condenados à morte.

Al Brindisi:
Localizado em Ferrara, na Itália, este pub com 914 anos de idade é reconhecido no Livro Guinness como sendo a estalagem mais antiga de Itália, dedicada a servir comida e vinho. Entre os seus clientes conta-se Copérnico, assim como o Papa João Paulo II. Mais do que interessante este sítio, não achas?

Gruta Bar:
Este bar, com mais de 2000 anos de existência, localiza-se em Petra, na Jordânia. É um dos mais antigos do país e a sua localização singular, numa gruta, já o levou a ser cenário das aventuras de Harrison Ford em Indiana Jones e a última cruzada.

E como já foi dito na primeira publicação, sempre podemos imaginar que estamos num destes bares incríveis com um bom copo de vinho ou cerveja na mão : )

 

 TAGS:Guinness DraughtGuinness Draught

Guinness Draught é uma cerveja preta irlandesa, elaborada por alta fermentação e com um ABV de 4.1º.

 

 

 TAGS:Robert Weil Rheingau Riesling Charta 2010Robert Weil Rheingau Riesling Charta 2010

Robert Weil Rheingau Riesling Charta 2010 é um vinho branco com Denominação de Origem alemã ? Rheingau – elaborado com riesling de 2010.

 

 

 TAGS:Palazzo Vecchio Vino Nobile Di Montepulciano 2007Palazzo Vecchio Vino Nobile Di Montepulciano 2007

Palazzo Vecchio Vino Nobile Di Montepulciano 2007 é um vinho tinto com Denominação de Origem Vino Nobile Di Montepulciano.

 

Os 10 bares mais antigos do mundo (I)

 TAGS:undefinedDas tabernas mais antigas até grutas autênticas, estes, são bares que levam mais de 1000 anos a atender clientes interessados nas suas cervejas e bebidas.

Cada um destes bares tem a sua história e, na verdade, cada um deles pensa ser mais antigo do que os outros. Nesta primeira entrega vamos dar-vos a conhecer  os bares mais antigos do Reino Unido, com histórias de fantasmas e personagens surpreendentes à mistura! Talvez depois te apeteça viajar e visitar cada um deles.

Ye Olde Trip to Jerusalem:

Situado em Nottingham, este pub tem 825 anos de vida. Foi uma antiga pousada formada sobre grutas, escavadas em 1970 por uma equipa de arqueólogos que indicaram terem sido construídas no século XII.

Old Ferry Boat:

Situado em St.Ives, no Reino Unido, junto ao rio Cambridgeshire, o Old Ferry Boatfoi fundado em 1400, tem 614 anos e conta com um fantasma privado; uma adolescente chamada Julieta.

Ye Olde Man & Scythe:

Este pub tem 763 anos de antiguidade, foi mencionado pela primeira vez em 1251 e apesar de ter sofrido várias remodelações a sua adega permanece intacta. Aqui foi assassinado o Conde de Derby, James Stanley, culpado pelo assassinato de 1644 pessoas. Diz-se que o seu fantasma continua a visitar o pub…

El Bingley Arms:

Localizado em Leed, este pub já tem 1061 anos, tendo sido referido no livro Domesday. O pub serviu de refúgio em várias épocas e o seu nome tem origem nos sacerdotes e viajantes que aí passavam a noite no seu percurso entre as abadias de Leed e York.

Na próxima publicação vamos dar-vos a conhecer mais 5 bares e, entretanto podemos imaginar como seria tomar uma destas cervejas num destes bares com tanta história : )

 

 TAGS:Young's Double Chocolate Stout 50clYoung’s Double Chocolate Stout 50cl

Charles Wells Brewery é o responsável pelo Young’s Double Chocolate Stout 50cl, uma cerveja stout de Inglaterra elaborada através de uma alta fermentação e com 5º de álcool.

 

 

 TAGS:Worthington's White Shield Ipa 50clWorthington’s White Shield Ipa 50cl

Worthington’s White Shield Ipa é uma cerveja ale produzida em Inglaterra com 5º de ABV.

 

 

 TAGS:St. Peter's Ruby Red Ale 50clSt. Peter’s Ruby Red Ale 50cl

Peter’s elabora esta St. Peter’s Ruby Red Ale 50cl (3,60?), uma cerveja ale feita em Inglaterra com um ABV de 4º.

 

 

Moscow Mule, vodka num cocktail poderoso

 TAGS:undefinedA partir de agora as combinações feitas com vodka vão dar muito que falar. Por agora, vamos falar-vos sobre um dos cocktails mais deliciosos em que esta bebida branca é protagonista.

O cocktail nasceu nos anos 40, na licoreria Cock ?n Bull, nos Estados Unidos, quando dois amigos decidiram misturar os sabores desta taberna, onde se bebia sobretudo cerveja. Escolheram a cerveja de gengibre para misturar com vodka e, tal como costuma acontecer com a maioria dos cocktails, encontraram um sabor fantástico, cítrico e forte, que rapidamente se tornou popular em todo o mundo.
No entanto, há quem diga que este cocktail foi concebido no restaurante Mula, em Hollywood, que os responsáveis decidiram juntar todos os ingredientes menos utilizados nos outros cocktails e o resultado foi o Moscow Mule.
Apesar de não ter conseguido alcançar o êxito de outras misturas que utilizam a lima como ingrediente (mojito, caipirinha), é uma bebida refrescante, com um toque exótico, graças à lima, e que pode ser bebida a qualquer hora, ainda que as noites de Verão sejam as mais indicadas.

Ingredientes

  • 60 ml. de vodka
  • 30 ml. de sumo de lima
  • 90 ml. de cerveja de gengibre

Preparação

Mesmo muito fácil! Juntar a vodka, o ginger ale e o sumo de lima num misturador com gelo. Agitar e coar para um copo alto e com muito gelo. Para decorar, pode-se usar uma rodela de lima e também açúcar cristalizado na borda do copo para tornar a bebida mais doce.

 TAGS:Fever Tree Ginger AleFever Tree Ginger Ale

Fever Tree Ginger Ale

 

 

 TAGS:Grey Goose Vodka 1LGrey Goose Vodka 1L

Grey Goose Vodka 1L

10 benefícios da cerveja

 TAGS:undefinedJá há muito que se conhecem os benefícios do vinho sobre a saúde mas agora ele tem concorrência: a cerveja, que começa a erguer-se como outra das bebidas com várias vantagens sobre o nosso organismo de modo geral. Hoje descrevemos 10 delas:

  1. Boa para o coração: Um número considerável de estudos, conclui que o consumo, sempre moderado, de cerveja diminui as doenças cardiovasculares em 30%. 
  2. Contra a artrite: Os estudos efectuados com cerveja informam que as mulheres que consumiam níveis moderados de cerveja eram menos propensas a desenvolver artrite reumatóide em 22%.
  3. Estimula o cérebro: Uma cerveja por dia ajuda a reduzir o aparecimento de algumas doenças relacionadas com a memória.
  4. Rica em potássio: Por essa razão tem efeito diurético.
  5. Diminui a tensão: Bebendo cerveja com moderação existem menos possibilidades, a longo prazo, de ter a tensão arterial alta.
  6. Vitamina B: Fornece doses elevadas de vitamina B, o que é vantajoso a vários níveis, como por exemplo na regeneração de células.
  7. Útil para os ossos: Tal como o magnésio e o fósforo, outros minerais presentes na cerveja, ajudam a prevenir doenças relacionadas com os ossos.
  8. Antioxidante: Fornece antioxidantes naturais o que a torna útil no processo de atrasar o envelhecimento da pele.
  9. Não engorda: Ao contrário do que se costuma dizer, a cerveja, consumida com moderação, não é responsável pelo aumento de peso. Esta foi a conclusão de um estudo realizado pela Universidade de Londres com cerca de 2.000 consumidores de cerveja.
  10. Extremamente hidratante: Proporciona maior hidratação que qualquer tipo de refrescos, para além de que contém muito menos quantidade de açúcar.

De modo que já sabes, bebe cerveja! : ) Sempre com moderação, isso sim.

Hoje recomendamos:

 TAGS:Delirium TremensDelirium Tremens

Delirium Tremens, cremosa, com corpo e sabor suave

 

 

 TAGS:Innis & Gunn OriginalInnis & Gunn Original

Innis & Gunn Original, a cerveja escocesa mais vendida

 

Os bebedores de cerveja vão para o céu

 TAGS:undefinedBill Miller, padre e autor do livro ?The Beer Drinker’s Guide to God?, afirma que se Jesus estivesse vivo certamente beberia cerveja e vinho.

Miller é padre episcopal, escritor e proprietário de um bar. Vive no Havai, Deus e a sidra são as suas prioridades e, no seu livro, descreve como ambos podem viver em harmonia.

Numa entrevista da Foxnews, Miller declarou que se Jesus estivesse hoje em dia entre os vivos, com certeza transformaria a água em cerveja e não em vinho.
As criticas de vários líderes religiosos não demoraram a chegar, porém Miller defendeu-se com o argumento de que Jesus bebeu com moderação, e essa é uma filosofia que ele considera válida nos nossos dias.
? Existem muitos tipos de coisas boas, que Deus nos confiou e das quais podemos optar por abusar, dar-lhes uma má utilização ou mesmo converter-nos em dependentes. Creio que o importante é não deitar fora o bebé juntamente com a água do banho e não deitar a cerveja na água do baptismo?.

Quando Miller não se encontra na sua Igreja e em sermões, pode ser encontrado a servir bebidas no seu bar do Texas e este é o lugar onde se inspirou para escrever o seu livro, no qual afirma que a cerveja ?pode revelar a verdadeira natureza de Deus?.
Outras declarações publicadas na Foxnews foram: ? Creio que Jesus escolheu beber a bebida local. Se Jesus estivesse no Texas provavelmente beberia Lone Star, no Havai poderia beber Primo e na Escócia certamente teria bebido whisky, assim como Guinness ou Smithwick na Irlanda?.

Mas não é apenas Miller quem tenta unir a religião e o álcool. Existe um programa de conferências, patrocinadas por dioceses católicas, chamado Teologia de barril onde se podem ver sacerdotes em bares e pubs. Miller afirma que nestes locais é possível chegar a todos aqueles que jamais pisarão uma igreja.

Uma coisa é certa: para os amantes da cerveja, a sua elaboração e conservação são praticamente uma religião…de modo que: Celebramos?

Recomendações:

 TAGS:Paulaner 50clPaulaner 50cl

Paulaner 50cl, a cerveja de trigo mais bebida no mundo 

 

 

 TAGS:Chimay RedChimay Red

Chimay Red: uma cerveja de mosteiro, com notas tostadas e final ligeiramente doce. Espectacular!

 

Cientistas provam a existência de “óculos de cerveja”

 TAGS:undefinedOs investigadores da Universidade de Bristol afirmam ter demonstrado a existência dos ?óculos de cerveja?. As conclusões apontam que tanto homens como mulheres, depois de algumas cervejas, acham as outras pessoas mais atraentes, nada que não se tenha discutido até agora com piadas a acompanhar, com a diferença de que agora se considera um facto cientifico.

?A beleza encontra-se na visão do bebedor de cerveja? – este é o título do estudo e foi um dos 10 prémios concedidos o ano passado pela Universidade de Harvard.

Neste estudo, realizado por investigadores da Unidade de Investigação de Tabaco e Álcool da Universidade de Bristol, foi pedido aos voluntários que analisassem fotografias de homens, mulheres e paisagens, antes e depois de consumir álcool. Depois os voluntários foram divididos em dois grupos, num dos grupos distribuíram-se bebidas alcoólicas e no outro um placebo sem álcool, aos dois grupos foi pedido que atribuíssem uma classificação de atracção em relação às imagens.

Os resultados das classificações mostraram que; o grupo que tinha consumido álcool conferiu uma pontuação mais alta a cada imagem em comparação com o grupo que tinha bebido placebo sem álcool.

Olivia Maynard, que coordena esta investigação declarou ao Bristol Post:

“Além da diversão, este estudo também tem uma mensagem séria. Se o álcool pode mudar a percepção do que é atractivo para nós, então, esse podia ser um factor a ter em conta nos comportamentos de risco, sob o efeito do álcool, tal como as relações sexuais sem protecção”.

O próximo objectivo da equipa de Bristol é o de ampliar a sua investigação aos pubs, efectuando ensaios de mais de 4 noites em 3 pubs de Bristol.

Anteriormente a este estudo, uma equipa de investigadores franceses e americanos ganhou o prémio Ig Nobel de Psicologia, demonstrando que o efeito ?óculos de cerveja? também faz com que o consumidor de cerveja se sinta mais atraente.

E tu? Achas que estes estudos sobre o efeito da cerveja têm razão, ou serão apenas para chamar a atenção? De qualquer modo nós recomendamos, sempre, beber com moderação e de preferência bebidas de qualidade, como aquelas que te recomendamos hoje:

 TAGS:Innis & Gunn Finish RumInnis & Gunn Finish Rum

Innis & Gunn Finish Rum

 

 

 TAGS:Mikkeller Sort GulMikkeller Sort Gul

Mikkeller Sort Gul

O que bebem os portugueses no Verão?

 TAGS:undefinedPara além dos litros e litros de água que os portugueses consomem no Verão, as suas preferências, em relação ao álcool mudam inevitavelmente quando a temperatura sobe.

As conclusões, fruto de um inquérito num dia quente, são estas: 

Condição sine qua non: Seja o que for deve estar estupidamente gelado.

A rainha é a cerveja, sem a menor dúvida (a começar pela minha Voll-Damm, que está a ?fazer tempo? no congelador : )

A cerveja, sobretudo a branca (já que a saudosa Cristal preta desapareceu), seja ela de barril, lata ou garrafa, fino ou imperial, caneca, príncipe, lambreta (no Sul), melro (no Norte) ou panaché, o importante é que esteja bem fria e com os habituais dedos de espuma (ainda que a tiragem de uma cerveja seja digna de um artigo inteirinho).

Nesta hierarquia segue-se a bebida ibérica, a Sangria, que já possui ?denominação de origem? pois, desde 2014, só pode chamar-se assim se for produzida em Portugal ou Espanha. De vinho tinto ou branco, as variações podem chegar praticamente ao infinito; com licor, brandy, vinho do Porto, ou sem, frutos vermelhos, tropicais ou citrinos, espumante ou água com gás, com cravinho, canela, tomilho ou hortelã mas sempre, sempre, a transbordar de gelo.

Também os vinhos brancos, os verdes, os rosés e os espumantes, todos bem frios evidentemente, regam as refeições e as noites quentes dos portugueses. De Norte a Sul, todos estão de acordo na solução fácil e fresca do Lambrusco, depois, quanto aos verdes e brancos, a discrepância dispara-se. No Sul inclinam-se para o rosé de Moscatel Roxo, um luxo de leveza e sabores, apesar de não recusarem um verde, Casal Garcia, um Alvarinho Deu la deu (Monção) ou Soalheiro (Melgaço).
No Norte há quase sempre uma garrafa de Muralhas de Monção ou de Alvarinho da Brejoeira (Palácio da Brejoeira) para matar a sede das noites mornas, enquanto no Sul agradece-se um Dona Ermelinda branco, da casta moscatel, um Solar dos Lobos, branco ou tinto, um Vinha da Defesa rosé ou ainda o Alcubíssimo, um colheita tardia da Quinta do Alcube.

Mas não é só vinho aquilo que enche os copos das noites portuguesas de Verão. As caipirinhas, caipiroskas e mojitos a transbordar de gelo e lima são bem apreciadas e os produtos nacionais sofrem pequenas e deliciosas alterações, como o Moscatel com gelo e limão e o Porto tónico, branco seco com meia rodela de limão.
E segundo este inquérito o Gin voltou aos bares e com força e criatividade renovadas. O número de receitas com esta bebida branca multiplica-se até ser quase impossível não cair na tentação de trair o velho, e sempre magnífico, gin tónico. Os ingredientes das combinações são visualmente atraentes e despertam a curiosidade. Com pepino, alecrim, sementes, pimenta rosa, tomate cherry, mangericão e anis estrelado, bagas de zimbro, açafrão, lima, pétalas de rosa ou frutos vermelhos num ponto os consumidores de Gin portugueses estão de acordo; que seja Bombay Saphire, Hendrick`s ou Gin Mare.

Duas sugestões para horas tardias e sobretudo quentes:

 TAGS:Moscatel Roxo Horácio Simões 50clMoscatel Roxo Horácio Simões 50cl

Moscatel Roxo Horácio Simões 50cl

 

 

 TAGS:Bombay Sapphire PackBombay Sapphire Pack

Bombay Sapphire Pack

Mais espuma na cerveja?

 TAGS:Todos sabemos que quando se serve uma cerveja, venha ela de garrafa ou barril, um dos factores a ter em conta é a quantidade de espuma, não pode estar ausente nem em excesso. A espuma é o cartão de visita da cerveja para o olfacto e o gosto, como tal, uma grande parte dos aromas e sabores de cada variedade de cerveja, concentra-se nos primeiros goles.

Também sabemos que, uma vez servida, a espuma de qualquer cerveja se vai reduzindo até desaparecer completamente, o que a faz perder parte do seu atractivo visual, ou pelo menos era assim até agora. Sabendo isto, no Japão, uma companhia especializada em desenho de gadgets tecnológicos desenvolveu, há já alguns anos, um curioso dispositivo que agora chega ao Ocidente para conseguir que a nossa espuma não se acabe.

Mais ainda, este aparelho com forma de porta-copos, gera ondas ultra-sónicas que permitem fabricar nova espuma, apenas é necessário carregar no botão, de modo que de cada vez que levamos o copo aos lábios podemos saborear uma capa homogénea de borbulhas, tal como se a cerveja acabasse de ser servida.

O Sonic Foamer funciona com seis pequenas pilhas AA, garante 3000 ?subidas de espuma? e pode ser transportada a qualquer lugar já que o seu tamanho é reduzido. Os fabricantes garantem que as vibrações que geram espuma também favorecem a libertação do aroma da cerveja, o mesmo que acontece quando se decanta vinho.

Talvez num futuro próximo possamos encontrar um destes aparelhos no balcão da nossa cervejaria preferida, o mimo ideal para os amantes de cerveja.

 TAGS:3 Fonteinen Oude Geuze 375ml3 Fonteinen Oude Geuze 375ml

3 Fonteinen Oude Geuze 375ml

 

 

 TAGS:Fût Pelforth Blonde - Beertender 5LFût Pelforth Blonde – Beertender 5L

Fût Pelforth Blonde – Beertender 5L

A cerveja não te impede de ser uma top model

 TAGS:Provavelmente não é a primeira vez que ouvem um conselho de beleza que, à primeira vista, parece ?disparatado?, mas se quem o der for uma top model, o remédio caseiro consegue muito mais alcance e o conselho torna-se numa referência.

Na verdade, o que revelou recentemente a top model australiana Ellen Macpherson, soa a conselho de beleza de avó: pois esta beleza, com 50 anos de idade e brilhante êxito estético, lava o cabelo com cerveja (será australiana?) algo que a sua mãe lhe ensinou. Sabemos que a Austrália é um dos lugares do mundo onde se consomem mais litros de cerveja por habitante e anualmente, mas desconhecíamos que, possivelmente, uma parte considerável desse consumo iria acabar nos cabelos dos australianos.

É com este método pouco habitual, e aparentemente distante dos sofisticados tratamentos promovidos na publicidade dos principais fabricantes de cosmética capilar, que Macpherson consegue manter e aumentar o brilho do seu fantástico cabelo. Graças à acção do lúpulo e da cevada presentes na cerveja, os seus resíduos agem enquanto o cabelo seca conseguindo mais volume e corpo.
No entanto, a modelo mundialmente conhecida desde as primeiras fotografias na *Sports Illustrated* nos anos 80,ainda não declarou se pretende integrar este ?descobrimento? na gama de produtos que se comercializam com o seu nome, até agora mais orientados ao cuidado da pele.
Uma coisa é certa, o mais simples pode chegar a ser o mais eficaz…

Recomendações?

 TAGS:Coopers Pale Ale 375mlCoopers Pale Ale 375ml

Coopers Pale Ale 375ml

 

 

 TAGS:Foster's 50clFoster’s 50cl

Foster’s 50cl