Etiqueta: cerveja

Hambúrgueres gourmet: mais do que uma moda

 TAGS:undefinedOs hambúrgueres passaram da perspectiva de comida rápida à qualidade gourmet, uma tendência que não passa despercebida nos bares e restaurantes. O hambúrguer foi, durante muito tempo, um prato ideal para os mais pequenos sobretudo porque a carne é suculenta e tenra. Felizmente, hoje em dia, os seus sabores multiplicaram-se com novos ingredientes e texturas e a harmonização, incluindo com Gin tónico, não só é possível como agradecida.

Hambúrgueres ecológicos: Uma tendência que veio para ficar: cuidar do nosso corpo e da nossa alimentação. Em relação aos hambúrgueres, a carne de vitela ecológica costuma ser servida junto a outros ingredientes mais saudáveis como o pimento, tomate, queijos de processamento ecológico e molhos suaves.

Hambúrgueres de autor: Uma das experiências deste tipo de hambúrgueres, que abandonaram definitivamente o conceito de “comida rápida”, são os mini-hambúrgueres de autor. As miniaturas permitem-nos provar vários sabores: com ou sem pão, com cebola frita ou queijo parmesão, em vinha-d’alhos ou com azeitonas recheadas.

O molho: o segredo: Alguns destes hambúrgueres destacam-se precisamente devido ao molho. Às maioneses e mostardas tradicionais, juntaram-se o vinagrete, a mostarda com mel, molhos de queijo e pesto. Na criatividade vale tudo e os molhos artesanais chegam a ser verdadeiros protagonistas do hambúrguer gourmet.

Pão artesanal: Na procura de qualidade, já não serve qualquer tipo de carne ou de pão. O pão destes hambúrgueres deve ser saboroso, com alguma textura e papel secundário, com ou sem sementes ou ervas aromáticas, mas de qualidade.

Em relação à harmonização, os hambúrgueres de qualidade, vão bem com um tinto novo e frutado, uma boa cerveja ou um gin tónico clássico.

Hoje, estas são as nossas recomendações:

 TAGS:Château Prieuré Lichine 2008Château Prieuré Lichine 2008

Château Prieuré Lichine 2008: um vinhos tinto com D.O. Margaux a base das castas cabernet franc e merlot da colheita 2008 e 12.00º de grau alcoólico. 

 

 

 TAGS:Paulaner 50clPaulaner 50cl

Paulaner 50cl: uma cerveja weißbier da cervejaria Paulaner feita em Alemanha elaborada com fermentação baixa com um ABV de 5.5º.

 

 

Em questão de saúde: vinho ou cerveja?

 TAGS:undefinedSe alguma vez pensaste em qual seria a bebida mais adequada para a saúde, e gostas tanto de cerveja como de vinho, hoje podes esclarecer algumas dúvidas graças à curiosidade e persistência de alguns investigadores.

Mack Mitchell, membro do Centro Médico da Universidade Texas Southwestern, levou a cabo um estudo, recentemente dado a conhecer. Mitchell pediu a um grupo de 15 homens que tomassem determinadas bebidas em diferentes dias, sendo o conteúdo alcoólico proporcional ao peso corporal de cada um dos participantes e sendo consumido ao mesmo ritmo durante 20 minutos. Os resultados revelaram alguns dados interessantes:

  • O vinho circula mais depressa do que a cerveja: A análise do estudo permitiu observar que os licores entraram na corrente sanguínea mais rapidamente do que outras bebidas, seguiu-se o vinho, 54 minutos mais tarde, e finalmente a cerveja, que demorou 62 minutos.
  • Aumentar de peso: Os técnicos responsáveis pelo estudo avaliaram vários trabalhos sobre o consumo de álcool e a sua relação com o aumento de peso e concluíram que, consumir álcool moderadamente não varia grandemente o peso. No entanto, o período de avaliação deste ponto foi apenas de 10 semanas, o que significa que os dados se consideram insuficientes.
  • Ressaca: Em relação a ressacas, os investigadores não chegaram a nenhuma conclusão. São moléculas, as responsáveis pelo sabor e aroma de cada bebida e também pelo “efeito ressaca” ; a dor de cabeça e enjoo… Hoje em dia , considera-se que as bebidas escuras apresentam uma maior concentração destas moléculas, mas na verdade ainda não existem dados mais específicos.
  • Cerveja ou vinho para a saúde: Os polifenóis estão presentes, em elevada quantidade, no vinho tinto e possuem efeitos benéficos sobre a saúde cardiovascular, enquanto que os polifenóis da cerveja estão presentes em menor quantidade, à semelhança do vinho branco. Ambas as opções são saudáveis se forem consumidas com moderação, evidentemente, mas o vinho tinto continua a ser o Rei dos polifenóis!

 TAGS:Suserano Reserva 2012Suserano Reserva 2012

Suserano Reserva 2012: um vinhos tinto Alentejo com um coupage a base de uvas de 2012 e 14º de grau alcoólico.

 

 

 TAGS:Carm cm 2011Carm cm 2011

Carm cm 2011: Douro com uvas 2011. no Uvinum Os utilizadores classificaram o Carm cm 2011 com uma nota media de 5 pontos sobre 5.

 

 

Geração Y, decisiva no incremento de vendas de vinho

 TAGS:undefinedA geração Y é um público jovem, com hábitos de consumo diferentes em relação a bebidas e quando comparada com gerações anteriores. Segundo as tendências de consumo, a Y prefere vinhos e licores à cerveja.

Os índices de consumo entre os 21 e os 26 anos de idade, em comparação com aqueles que se encontram entre os 27 e os 36 anos, demonstra que 28% da faixa etária mais jovem afirma beber vinho diariamente, contra 19% dos mais velhos desta geração. O fenómeno começa a influenciar a industria do vinho em vários aspectos, incluindo o packaging, que se adapta a este tipo de procura e mesmo o modo como se compra vinho.

Na Inglaterra, por exemplo, as vendas de vinho online aumentaram 3 vezes mais rápido do que as vendas tradicionais. O facto é que o último relatório trimestral de Vinho da Rabobank , demonstra que o comércio electrónico é quem incentiva praticamente todo o crescimento das vendas de vinho a retalho.

Mais vinho, menos cerveja

A geração Y prefere beber vinho e esta tendência, segundo um relatório recente de Morgan Stanley, começa a gerar uma certa preocupação em grandes empresas como a Anheuser-Busch, a MillerCoors e a Heineken.

“A tendência geral de consumo de cerveja continua a ser fraca e parece ser que os jovens, cada vez mais, recorrem a outras bebidas alcoólicas”, afirmam os analistas.
Entre aqueles que bebem cerveja, as preferências vão para a cerveja artesanal. Recentemente, o Wall Street Journal publicou um estudo que contabilizou 44% de consumidores de cerveja, entre 21 e 27 anos, que nunca provaram a marca Budweiser.

Para ter uma noção sobre o decréscimo do consumo de cerveja, comparando os valores da marca antes mencionada, em 1988 venderam-se 50 milhões de barris de cerveja, actualmente o valor é de 16 milhões de barris.

No entanto, as empresas produtoras de cerveja estão a trabalhar em novos produtos e estratégias com o objectivo de atrair os clientes mais jovens. A Anheuser-Busch, por exemplo, lançou o Bud Light Ritas, com sabor a Margarita e os Bud Light Mixxtails, versões novas de cocktails clássicos como o Furacão ou o Long Island Iced Tea.

 

 TAGS:Vila Flor Reserva 2011Vila Flor Reserva 2011

Vila Flor Reserva 2011

 

 

 TAGS:Pêra-Manca 2008Pêra-Manca 2008

Pêra-Manca 2008

 

 

10 mitos sobre a cerveja

 TAGS:undefinedA barriga de cerveja é um deles,mas  muitos mitos não são justos com esta grande bebida chamada cerveja. Hoje partilhamos alguns dos mitos mais frequentemente utilizados contra a cerveja e o porquê de serem falsos.

  1. Beber cerveja é mau para a saúde. A cerveja tem baixo conteúdo em calorias, aproximadamente 42Kcal em cada 100ml, não contém gorduras ou açúcar e possui hidratos de carbono, vitaminas e proteínas. O lúpulo é um sedativo e estimula o apetite e o malte contém ácidos orgânicos e vitaminas.
  2. A cerveja engorda. Segundo um estudo realizado na República Checa, com 891 homens e 1.098 mulheres de idades compreendidas entre 25 e 64 anos, não existe uma relação entre o consumo de cerveja e o tamanho do ventre.
  3. Quanto mais escura for a cerveja, mais álcool tem. Falso. A cor da cerveja não está associada à sua graduação alcoólica. O tom escuro que apresentam algumas cervejas é consequência do processo de torrefacção a que o malte é submetido.
  4. Cerveja light tem menos álcool do que a lager. A diferença entre light e lager é a quantidade de calorias presente. A graduação alcoólica depende directamente dos processos de fermentação.
  5. Cerveja artesanal é melhor do que a comercial. Ambas as variedades de cerveja são elaboradas do mesmo modo, a diferença está no seus dias de vida: a cerveja artesanal tem 90 dias de vida e a comercial 250 dias de vida. A fórmula é a mesma, mas a forma como é servida também nos influencia e por esta razão a cerveja de barril sempre parece ser mais fresca.
  6. Vidro verde indica que a cerveja é melhor. É possível que esta ideia se deva à escassez de vidro transparente e vidro amarelo na Europa durante o final da Segunda Guerra, e por outro lado a cerveja importada sempre chegava em garrafas verdes, talvez por isso tenha se tenha espalhado a ideia de que a cor do vidro era um sinal de qualidade.
  7. As “Ale” são escuras e as “Lager” são douradas. A cor da cerveja depende do tipo de malte com o qual foi elaborada e existem vários tipos de malte, dependem do grau de torra. O malte pilsner utiliza-se nos tipos de cerveja Lager, o malte chocolate elabora uma cerveja tipo Ale, porter ou stout.
  8. A cerveja não combina com pratos. Absolutamente falso. É possível harmonizar cerveja tal como se faz com vinho. Na Bélgica existem restaurantes especializados em “cozinha com cerveja”, e aqui os pratos são previsivelmente elaborados com cerveja, também existem outros restaurantes, onde o menu inclui cervejas recomendadas para cada prato.
  9. Cerveja sem álcool não tem calorias. A cerveja ‘sem álcool’ possui uma certa quantidade de álcool, por Lei em Portugal inferior a 1%, e baixa presença de hidratos de carbono, entre 2 a 5g em cada 100cc. Uma cerveja possui entre 40 e 80kcal. Ou seja, a diferença calórica entre estes dois tipos de cerveja está em 50 calorias.
  10. As cervejas americanas são muito más, não sabem a nada. Nos EUA a cerveja sofreu grandes mudanças. Hoje em dia, no território americano, existem mais de 1000 pequenas empresas produtoras de cerveja. Para além das cervejas típicas, elaboradas com trigo e não com malte, também se podem encontrar outras, de paladar saboroso e forte.

 TAGS:St. Bernardus Tripel 75clSt. Bernardus Tripel 75cl

St. Bernardus Tripel 75cl

 

 

 TAGS:Paulaner 50clPaulaner 50cl

Paulaner 50cl

 

 

O consumo moderado de cerveja é benéfico

 TAGS:undefinedJá falámos aqui sobre os benefícios da cerveja, sendo o seu consumo moderado evidentemente. Agora, a Sociedade Espanhola de Médicos de Atenção Primaria (Semergen) publicou uma investigação onde analisa que tipo de benefícios para a nossa saúde são esses.

Estas são as conclusões:

  • Nutrientes: Tem a capacidade de fornecer mais energia e vários tipos de nutrientes e compostos bioactivos. Pode ser recomendável a pessoas com a tensão baixa.
  • Protector cardiovascular: O estudo defende também que o consumo moderado de cerveja tem um efeito protector cardiovascular, ou seja, pode reduzir o risco de padecer doenças relacionadas com o coração.
  • Antioxidantes: A cerveja é fonte de antioxidantes naturais, o que facilita a protecção do organismo.
  • Baixo teor calórico: Os médicos responsáveis por este estudo afirmam que a cerveja de baixo teor alcoólico possui, igualmente baixo teor calórico.
  • Vitaminas: Graças ao seu processo de elaboração e à quantidade de nutrientes que contém, a cerveja também possui vitaminas polifenóis, fibra minerais e hidratos de carbono. Os médicos apontam que este facto converte a cerveja num dos ingredientes da famosa dieta mediterrânica, sem esquecer, porém, que para que tal seja verdade, a cerveja deve ser acompanhada por uma boa alimentação, um estilo de vida saudável e em consumo moderado.

 TAGS:Chimay RojaChimay Roja

Chimay Roja: Cerveja ale belga. Elaboração de alta fermentação e 7º de ABV.

 

 

 TAGS:Guinness DraughtGuinness Draught

Guinness Draught: Cerveja negra irlandesa. Elaboração de alta fermentação e 4,1º de ABV. 

 

 

 TAGS:SinghaSingha

Singha: erveja pilsener produzida na Tailândia com 6º de ABV. Obteve 4,4 pontos em 5 na classificação média dos utilizadores da Uvinum. 

 

 

 

Cerveja em garrafa de plástico?

 TAGS:undefined

Até hoje beber uma cerveja em garrafa de plástico não era uma possibilidade real e, inclusive, não parecia uma opção atraente para muitos de nós, mas parece que a indústria da cerveja conseguiu mudar este conceito. A conhecida marca de cerveja japonesa Kirin, será a responsável de modificar o modo como esta cerveja é embalada e consumida a nível mundial.

A Empresa Mitsubishi Plastics deu a conhecer o seu acordo com a marca de cerveja japonesa Kirin, para fornecer garrafas com capacidade de 1 litro. Um porta-voz desta companhia comunicou ao Wall Street Journal que este tipo de garrafa também estará disponível para os produtores de cerveja artesanal, facto este que poderia potenciar o crescimento deste tipo de cerveja e gerar maior variedade para o consumidor num futuro próximo.

As experiências com garrafas de plástico já tinham sido feitas anteriormente no sector da cerveja, porém, apesar dos benefícios também implica um risco a nível de sabor. No Japão, o vinho em garrafa de plástico já é vendido desde 2010, mas esta é a primeira vez que uma cervejeira mundial usa o plástico no processo de engarrafamento a nível internacional.

As garrafas de plástico podem gerar problemas na retenção do gás da cerveja e fundamentalmente por esta razão o alumínio e o vidro têm sido os materiais escolhidos. Há 3 anos atrás a Heineken cumpriu as directrizes do Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, que exigia a utilização de produtos sustentáveis, e lançou uma edição especial de cervejas engarrafadas em Politereftalato de etileno (PET). A garrafa tinha 330ml de capacidade e o seu desenho e cor eram uma réplica da garrafa tradicional da empresa.

Segundo o relatório de sustentabilidade da empresa holandesa, foram vendidas cerca de 1,6 milhões de cervejas Heineken em garrafas PET, que posteriormente foram recicladas para produção de fibra de poliéster.

As garrafas de plástico são mais leves e duradouras que as de vidro, porém o plástico não impede a passagem dos gases como o oxigénio e o dióxido de carbono, o que afecta o sabor da cerveja. Para além de que, se a temperatura sobe, o mesmo sucede ao antimónio, o qual pode produzir irritação dos olhos e provocar problemas respiratórios, de coração e estômago.

A outra razão pela qual o plástico até agora não ganhou força é a cor das suas garrafas. A cerveja requer um engarrafamento de cores opacas, que impeçam que a luz do sol transforme a composição da bebida. A cor amarelada da garrafa PET, combinada com capas adicionais necessárias à protecção da bebida, tornaria o processo de reciclagem muito mais complicado, em comparação com as garrafas transparentes que utilizam as bebidas gasosas.

Para fazer frente a estes condicionantes, a garrafa lançada pela Kirin terá uma protecção especial que lhe permitirá proteger o conteúdo dos efeitos do meio ambiente. As primeiras remessas serão distribuídas em pacotes selados para garantir a protecção durante o processo de distribuição.

 TAGS:Heineken Barril 5LHeineken Barril 5L

Heineken Barril 5L: ma cerveja lager produzida em Holanda elaborada com fermentação baixa com 5º de teor de álcool.

 

 

Como harmonizar cerveja artesanal

 TAGS:undefinedNos últimos anos, as cervejas artesanais vivem grandes momentos que oferecem a oportunidade de explorar mil sabores ao mesmo tempo. Tostadas, com sabores mais amargos ou com um ponto picante, louras ou pretas, seja ela como for, a cerveja artesanal merece ser adequadamente harmonizada. Nem sempre é fácil, especialmente com as cervejas feitas em casa.

Para os tradicionais pratos árabes ou picantes, pratos fortes em que os protagonistas são habitualmente o vinagre ou as especiarias, as cervejas ideais são louras e suaves. O objectivo é equilibrar os sabores fortes com uma cerveja mais fresca, leve e um toque tradicional, como por exemplo a pilsen ou a pale ale. Muitas são alemãs e outras belgas.

As cervejas artesanais lager combinam bem com os sabores mediterrânicos e atlânticos; peixes e mariscos. As cervejas mais tostadas e as pretas, sob processo artesanal oferecem sabores muito mais fortes e duradouros, combinam bem com algumas carnes e refogados. Aqui incluem-se as pale ale escuras, entre outras.

Outras cervejas artesanais, mais amargas, das negras, às tostadas e alguma loura, combinam muito bem com alimentos fumados, chocolates, sobremesas, queijos e alguns tipos de carne. A indian pale ale é um claro exemplo deste tipo de cerveja, cada vez mais conhecida e de que já falámos aqui em alguns posts.

O queijo curado harmoniza com as cervejas artesanais belgas de tripla fermentação e certos tipos de peixe são marinados com cerveja alemã fumada, uma cerveja igualmente ideal para acompanhar marisco, queijos variados e enchidos.

 TAGS:Flying Dog Raging Bitch 355mlFlying Dog Raging Bitch 355ml

Flying Dog Raging Bitch 355ml: ;uma cerveja artesão da cervejaria Flying Dog de Estados Unidos com 8º de álcool en volume. 

 

 

 TAGS:Gulden Draak 9000 QuadrupleGulden Draak 9000 Quadruple

Gulden Draak 9000 Quadruple:  uma cerveja artesão da cervejaria Brasserie Van Steenberge originária de Bélgica que tem 10.5º de teor de álcool.

 

Trabalho e stress, quais os alimentos a ser consumidos?

 TAGS:undefined

A alimentação, líquida e sólida deve ser a base para encontrar a estabilidade que necessitamos. Sabias que determinados alimentos ajudam a combater situações de stress?

Fica a conhece-los:

Vegetais verdes

Este tipo de verduras possui vitaminas que necessitamos ingerir para ter energia diária. Os espinafres, por exemplo, aumentam o nível de Ferro e fortalecem as defesas do nosso organismo. Para combater o stress recomenda-se; as vitaminas A, B e C e alguns minerais como o potássio, magnésio e fósforo, que ajudam a reduzir as hormonas do stress.

Vinho

Existem inúmeros estudos que afirmam que o consumo de dois copos de vinho tinto por dia reduzem as alterações nervosas e oferecem bem-estar. Começa esta nova época com vinho, para além de ser um prazer incomparável, beneficia a tua saúde e sobretudo o teu coração.

Cerveja

Cada vez são mais as virtudes atribuídas à cerveja: os seus minerais, o aporte de energia e benefícios para a pele, redução de stress.

Um estudo efectuado na América do Sul, demonstrou, em roedores, que o consumo moderado de cerveja reduziu bastante o stress dos animais. Deixa a cerveja chegar à tua vida e afasta o stress!

Peixe azul

O peixe azul traz imensos benefícios à nossa saúde. Graças aos ácidos gordos ómega3, a serotonina aumenta, e este é o neurotransmissor responsável pelo equilíbrio do stress e da hormona adrenalina. É recomendável consumir peixe azul três vezes por semana.

Chocolate negro

Sucede algo semelhante no consumo de chocolate negro. Combinado com o vinho tinto, a explosão de sabores e benefícios pode ser ilimitada : )

 TAGS:Viña Ardanza Reserva 2007Viña Ardanza Reserva 2007

Viña Ardanza Reserva 2007: um vinhos tinto da D.O. Rioja com Os mejores cachos de tempranillo e garnacha da colheita 2007 e 13.5º de grau alcoólico. 

 

 

 TAGS:El Molar 2013El Molar 2013

El Molar 2013: Jumilla das adegas Propiedad Vitícola Casa Castillo com garnacha de 2013 e com 14º de teor de álcool. 

 

 

5 de Agosto é dia internacional da cerveja

 TAGS:undefinedFresca, de vários sabores e marcas… a cerveja é uma das bebidas mais internacionais que se consomem durante o Verão. Por esta razão, não surpreende que já tenha um dia internacional, a 5 de Agosto já podes celebrar a sua existência, faz-lhe uma homenagem provando diferentes tipos desta bebida tão popular.

Em 2007, um grupo de amigos escolheu este dia para celebrar o consumo de cerveja em todo o mundo. Hoje, realizam-se vários eventos em homenagem à cerveja em cerca de 25 países.

O seu site, criado especialmente para comemorar este dia, International beer day, fornece informação sobre os eventos, especialmente aqueles que decorrem nos EUA, e especifica que este dia tem por objectivo reunir amigos e beber cerveja.

O site também dedica especial atenção a quem serve cerveja durante todo o ano, quem a elabora, e a importância de estabelecer um dia concreto que reúna as diferentes cervejas do mundo, unindo culturas.

Portugal integra esta celebração desde 2012 pela iniciativa do Museu da Cerveja, em Espanha realizam vários descontos e promoções especiais em vários bares, ainda que seja em Inglaterra e França onde decorrem realmente numerosos eventos.

E claro que podes organizar este dia à tua maneira…Recomendamos algumas opções:

– Provar cerveja que nunca tenhas saboreado, das belgas tradicionais às negras mais atrevidas.
Organizar uma prova de cerveja. Habitualmente provam-se 5 cervejas de diferentes cores, aromas e sabores.
– Cozinhar com cerveja. Põe o avental e faz um prato especial com cerveja.
– Compra cerveja artesanal. As cervejas artesanais estão a dar muito que falar e alguns bares, que possuem as suas próprias fábricas, organizam provas de sabores artesanais.

 

 TAGS:Punk IpaPunk Ipa

Punk Ipa:  uma cerveja ale elaborada com fermentação alta feita em Inglaterra que tem um ABV de 5,6º. 

 

 

 TAGS:OrvalOrval

Orval: uma cerveja trapista de Bélgica elaborada com fermentação baixa com uma teor de álcool de 6º. 

 

 

Truques para a tua prova de cerveja ser um êxito

 TAGS:undefined

Quase todos nós gostamos de cerveja, mas nem todos sabemos o suficiente sobre esta bebida. Se pretendes descobrir os pormenores mais interessantes para oferecer uma prova de cerveja, é importante a técnica passo por passo. Entre duas cervejas podem existir enormes diferenças que são apreciadas, sobretudo, na comparação. Referimo-nos à levedura, à espuma e ao sabor.

Como tal, aqui ficam as nossas recomendações para que a tua prova de cerveja seja um êxito:

  • Conhecer os tipos de cerveja: Ler informação sobre os tipos de cerveja pode ajudar a reconhecer as suas características e assim escolher melhor quais as que desejas provar. Recorda não escolher mais de 5 cervejas diferentes para cada prova.
  • Escolher os copos: Os copos ideais para cervejas fortes são arredondados enquanto que para a cerveja leve devem ser usados copos quadrados. Nas provas, habitualmente utilizam-se dois tipos de copos; um para o aspecto e outro para o gosto.
  • Não fumar: Se és fumador/a evita o tabaco antes e durante a prova de cerveja.
  • Manter a temperatura ideal:A cerveja deve encontrar-se entre 3 e 8 graus de temperatura no momento de proceder à prova. Há quem recomende retirá-la do frigorífico 10 minutos antes, já que, para apreciar os seus aromas, não deve estar muito fria ou quente.
  • Servir a cerveja:Para servir a cerveja, inclinar o copo 45º e deitar com uma distância que permita formar uma altura de espuma não superior a 2 cm. Agitar em círculos para começar.

Uma vez iniciada a tua prova de cerveja, deves avaliar os seguintes pontos:

  • Cor da cerveja: Pode ser branca, avermelhada, tostada ou preta. Aprecia a sua cor colocando o copo a contraluz e observa se é turva ou cristalina, estas 2 características dependem da filtração.
  • Espuma: *Na observação da espuma*, não só podes avaliar a sua espessura, como também ver se os poros de gás se encontram abertos ou fechados, assim como a sua persistência em copo. Menor persistência é sinónimo de maior graduação alcoólica.
  • Aroma: O aroma das cervejas de cereais pode ser terroso, herbal ou floral, dependendo da quantidade de malte ou trigo nela presentes. As cervejas douradas costumam apresentar um intenso odor de lúpulo e as escuras, aroma de malte, chocolate ou café. Também é possível identificar aromas frutados ou de especiarias em cervejas de alta fermentação.
  • Gosto: Recorda que os sabores ácidos são percebidos pelos lados da tua língua, os doces na frente e os amargos, na parte de trás da tua língua. Procura os sabores tostados dos cereais, depois o gosto amargo do lúpulo ou o adocicado do trigo. Procura também o sabor das frutas, especiarias, e o do álcool, que deixa uma ligeira ardência. Finalmente, procura o corpo da tua cerveja, podes apreciá-lo no paladar, através da sua textura, seja leve ou espumosa.

 

 TAGS:OrvalOrval

Orval: Uma cerveja trapista elaborada por baixa fermentação e produzida na Bélgica. Graduação alcoólica de 6º.

 

 

 TAGS:Leffe BlondeLeffe Blonde

Leffe Blonde: Cerveja de abadia belga, elaborada por alta fermentação e com 6.6º de graduação alcoólica.