Etiqueta: bordeaux

Petit Verdot, uma casta combinável

 TAGS:Os vinhos Petit Verdot têm origem em Bordéus, França. É uma variedade de uva de cor vermelha, quase sempre utilizada para misturar outras castas com a mesma origem. Tal como no caso de muitas outras castas, a sua proveniência é um mistério. Pensa-se que a Petit Verdot seja anterior à casta Cabernet Sauvignon, também ela de Bordeaux.

O registo mais antigo desta casta data do século XVIII.Os pais da Petit Verdot são as castas Tressot e Duras, esta última oriunda do alto do Vale do Tam, perto da região de Toulouse; presume-se que a Petit Verdot foi levada pelos romanos até ao interior do Mediterrâneo.A Petit Verdot, tal como o nome indica, deve estar bem madura de modo a que os seus bagos, pequenos e de um negro intenso, alcancem a plenitude (petit, significa pouco/pequeno e verdot vem da palavra verde: Petit Verdot = Pouco verde).

Um dos maiores problemas desta casta é a de que, por vezes, os bagos impedem o seu crescimento, quase sempre, por razoes climáticas. E uma das suas características mais importantes, é a de que costumam produzir mais do que dois cachos por ramo.Podemos encontrar a Petit Verdot, sobretudo em Bordeaux e especialmente na zona de Médoc, onde alcança a sua excelência apenas nas colheitas quentes e quase sempre é utilizada nas denominadas misturas de Bordeaux (ou Bordeaux Blends).

Também na Austrália se pode encontrar uma grande quantidade de plantações desta casta, utilizada na elaboração de vinhos monovarietais. Em Itália esta casta é utilizada para elaborar vinhos 100% Petit Verdot. E nos Estados Unidos pode ser encontrada em quantidades respeitáveis, onde normalmente se utiliza para Meritage, no Chile, Espanha, Canadá, Argentina e Venezuela.

A produção de vinhos 100% Petit Verdot é escassa, quase sempre é acompanhada por outra casta, que, geralmente, tem presença maioritária no vinho em questão. Porém, quando a Petit Verdot reina no vinho, podemos descobrir o suave perfil dos seus taninos e o desdobramento dos seus aromas inconfundíveis. O vinho Petit Verdot tem uma boa acidez e uma cor escura muito intensa.

Harmonização perfeita

Um vinho Petit Verdot combina perfeitamente com carnes vermelhas e queijos curados, com sabores fortes. Também se pode acompanhar com guisados de aves e carnes de caça. A temperatura ideal para o beber anda à volta dos 15ºc.

Bordeaux e os seus grandes vinhos

 TAGS:É tarefa quase impossível escrever tudo sobre Bordeaux e os seus vinhos. Muitos de nós estamos de acordo em que mesmo uma enciclopédia sobre este tema não seria suficiente, de qualquer forma vamos tentar realçar o melhor da sua região, vinhedos, e como não podia deixar de ser, dos seus vinhos.

Devemos começar por dizer que as suas vinhas datam da época dos romanos e que a fama dos seus vinhos é, talvez, o seu melhor símbolo. Também é necessário dizer que, hoje em dia os seus vinhos têm problemas para alcançar a plenitude, já que muitos consumidores e comerciantes destes vinhos não esperam o tempo suficiente e habitualmente optam pelos chamados vinhos do ?novo mundo?.

Bordeaux e as suas uvas

Se falamos de Bordeaux, devemos começar pelas uvas. Esta região não pode trabalhar com uma uva qualquer, mas sim apenas com aquelas que lhe permite a Denominação de Origem. Entre elas e nos vinhos tintos, encontram-se a Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Malbec, Merlot, Petit Verdot. Nos vinhos brancos destacam-se: Semillon, Sauvignon Blanc e Muscadelle.

Como em tantas outras regiões de França onde se faz vinho, existe uma divisão, neste caso trata-se de um rio que separa a zona em duas; na margem esquerda, onde encontramos o berço do Alto Medoc, predomina a uva Merlot; na margem direita, emSaint-Émilion e Pomero, predomina a Cabernet Sauvignon.

Bordeaux e os seus vinhos

Em Bordeaux predominam as vendas em ?Premier?, já que este é habitualmente o protocolo para vender. Os melhores vinhos de Bordeaux são caros, mas valem bem o seu preço pela qualidade extraordinária. As adegas costumam vender os seus vinhos antes de que estes saiam ao mercado, ou seja, podem ser comprados um ano antes após uma classificação dos barris, fruto de uma degustação organizada. Este costume não se faz com todos os vinhos, apenas com os ?tranches?.

O primeiro tranche, habitualmente, não é muito caro, o segundo eleva o valor dependendo da qualidade do vinho.

Os melhores vinhos: Os Premier Crus

Entre os melhores vinhos de Bordeaux, podemos destacar cinco, dos quais, dois deles são considerados como estando entre os melhores do mundo. Château Haut Brion, Château Latour, Château Lafite Rothschild, Château Mouton Rothschild e Château Margaux.

Agora que sabemos um pouco mais sobre Bordeaux e os seus vinhos, apenas falta provar a grande qualidade dos seus vinhos e fazer parte desta tradição. Alinhamos?

 

 TAGS:Château Pichon-Longueville Comtesse de Lalande 2004Château Pichon-Longueville Comtesse de Lalande 2004

Château Pichon-Longueville Comtesse de Lalande 2004

 

 

 TAGS:Château Magdelaine 2009Château Magdelaine 2009

Château Magdelaine 2009