Etiqueta: beber vinho

5 bons bares para beber vinho em Lisboa

Lisboa converteu-se em uma das cidades de visita obrigatória nos últimos tempos. A arte, a excelente gastronomia e as ruas repletas de vida são alguns dos principais pontos turísticos. Mas é preciso não esquecer que Portugal também é território de grandes vinhos. Por isso, deixamos um convite para conhecer alguns dos melhores bares de vinhos em Lisboa. Encontre o seu e tome nota para a sua próxima visita à capital!

Vestigius

Localizado numa antiga adega, o Vestigius é muito mais do que um bar de vinhos; oferece um vasto programa de actividades culturais para passar um bom bocado enquanto saboreamos bons vinhos e bons pratos de cozinha nacional e internacional.

O Vestigius fica na zona do Cais do Sodré e tem uma fabulosa esplanada com vista privilegiada sobre o Rio Tejo. O sítio ideal para conversar sobre ideias à volta de um bom vinho ou de um cocktail.

The Old Pharmacy Wine Bar

O que podem ter em comum uma farmácia e vinho? Há quem diga que em ambos se encontra alívio às dores… Neste caso, trata-se da Old Pharmacy Wine Bar, uma antiga farmácia convertida em bar de vinhos. Um sítio delicioso que oferece cerca de 200 referências de vinhos de origem portuguesa, e que pode acompanhar com uma selecção de queijos, presunto e outras iguarias adequadas. É um dos bares mais atraentes de Lisboa, onde pode mergulhar de cabeça no apaixonante mundo dos vinhos portugueses. Se por acaso a alma do visitante procura algo menos embriagante, o The Old Pharmacy Wine Bar também oferece um espaço para tomar café e chás.

Winebar do Castelo

Se é um verdadeiro amante do vinho, este é um dos bares de vinhos com visita obrigatória em Lisboa. O Winebar do Castelo situa-se numa das colinas da cidade, a do Castelo de S. Jorge, no centro histórico. A selecção de vinhos, bastante interessante, vai variando e há sempre lugar para os portos de colheita. O Winebar do Castelo também organiza provas dirigidas, uma ideia interessante para conhecer os vinhos portugueses mais a fundo, e oferece pratinhos de queijos e charcutaria para acompanhar os vinhos. Bastante recomendável!

By the Wine

É um dos bares de vinhos mais conhecidos da cidade, pois trata-se da loja-conceito de José Maria da Fonseca, uma das empresas de vinho mais conhecidas no país. No By the Wine pode encontrar todos os vinhos desta famosa adega, assim como uma variada oferta de tapas, incluindo presunto de Guijuelo. Em pleno coração de Lisboa, o By the Wine também cativa pela sua arquitectura interior. Uma excelente opção para comer, beber bons vinhos e gozar de um agradável ambiente.

Tasca do Chico

Nesta selecção de bares de vinhos em Lisboa, não podia faltar o fado. A Tasca do Chico, é uma taberna para beber vinho, comer qualquer coisa e, especialmente, ouvir fado. É um sítio com encanto, embora um pouco pequeno, onde o mais recomendável é beber um copo de vinho ou beber algo ao ritmo melancólico de uma música que, tal como o bom vinho, chega até à alma.

Com quem te identificas? Mary Poppins ou Hemingway?

 TAGS:undefinedSe existem certezas no sector das bebidas alcoólicas, uma delas é que hoje em dia se realizam todo o tipo de estudos. Algo que demonstra o interesse suscitado nesta área por parte do público no geral, pois inclusive os estudos mais sérios, encontram eco nos Media, como aquele que realizou a Universidade de Missouri-Columbia, nos EUA, e que classificou os consumidores de bebidas alcoólicas em 4 tipos de personalidade.

O ensaio – À procura de Mr. Hyde -Cinco factores característicos dos tipos de consumidores – foi publicado na revista Addiction Research and Theory, assim como os resultados dos questionários realizados a mais de 300 homens e mulheres em relação ao seu comportamento quando estão sóbrios e quando não.

Neste questionário são avaliados factores como: extroversão, amabilidade, responsabilidade, entendimento e estabilidade emocional. O resultado foi uma divisão em quatro categorias básicas de consumidores: “Mary Poppins”, “Hemingway”, “Dr. Jerryll” e “Mr. Hyde”.

Curiosamente, uma grande parte dos inquiridos, cerca de 40% integra-se na classificação Hemingway: pessoas aparentemente pouco apreciadoras da redução do seu entendimento ou responsabilidade quando bebem. Estes consideram-se pessoas fiáveis e capazes de desenvolver ideias complexas. Nesta categoria, o número de homens e mulheres é equilibrado.

Por outro lado, os homens predominam na categoria Dr. Jerryll, cerca de 20% dos participantes, que se consideram introvertidos transformados em extrovertidos quando bebem.

No que se refere à categoria Mary Poppins, a maioria é das mulheres, considerando-se a si próprias pessoas amáveis, cooperantes e compassivas (cerca de 15%).

Finalmente, na categoria Mr.Hyde, enquadra-se um considerável 23%, dominado pelas mulheres e caracterizado pelos que apreciam uma “pausa intelectual” com consciência e amabilidade quando bebem e com uma certa tendência a sofrer episódios de “amnésia”, por vezes com consequências graves derivadas do comportamento.

Seja qual for a tua “categoria”, nós recomendamos beber com moderação, e, quando o faças, que seja com uma cerveja de qualidade ou um copo de bom vinho como aqueles que te recomendámos. Tchin, tchin!

 TAGS:Dj 2014Dj 2014

Dj 2014: um vinhos tinto da D.O. Alentejo com um coupage a base de uvas de 2014 e com uma teor de álcool de 13º.

 

 

 TAGS:Explicit Branco 2012Explicit Branco 2012

Explicit Branco 2012: um vinhos branco da D.O. Alentejo com uvas 2012.