O que é o vinho vegano?

Estamos em 2018. A Geração Y, também conhecidos como Millennials, tem especial atenção a uma alimentação que respeite o Meio Ambiente. Aliás, o veganismo já não é apenas uma tendência exclusiva desta geração, é uma verdadeira maneira de estar na vida. O mercado vegano está em alta!

Calcula-se que na Inglaterra, Itália ou Estados Unidos cerca de 10 a 13% da população seja vegana ou vegetariana. Cada vez mais vinicultores reconhecem este sector do mercado e se especializam na elaboração de vinho vegano para satisfazer as novas gerações.

O vinho é um produto vegetal! Porém, porque não é vegano?

A Uvinum tem a resposta!

Os produtos de origem animal no vinho

Os vinhos veganos não são habituais, já que, na clarificação do vinho é necessário utilizar produtos de origem animal como a caseína, a gelatina ou a albumina. Estas substâncias são usadas para absorver e facilitar a precipitação das borras do vinho (as pequenas partículas provenientes da polpa ou da casca das uvas, e que podem deturpar a qualidade do vinho).

Por vezes, os clarificantes de origem animal ajudam a neutralizar o sabor de algumas variedades que, ao serem filtradas, deixam um forte sabor amargo. O excesso de taninos nas cascas é assim neutralizado, permitindo que o sabor do vinho se adeqúe mais ao nosso paladar.

No entanto, isto não é assim para as pessoas que seguem uma alimentação vegana.

Alternativas veganas na elaboração do vinho

Os enólogos da produção de vinhos veganos tornaram-se realmente criativos na procura de um produto vegetal que permita a clarificação do vinho. A solução é simples: as proteínas animais são substituídas por proteínas vegetais provenientes de cereais como o trigo ou de legumes como as ervilhas. As borras do vinho filtram-se com estas substâncias retirando-lhe o aspecto turvo.

Outra solução para a vinificação vegana é o solo mineral. A bentonite, por exemplo, contém cinzas vulcânicas que ajudam a clarificar o vinho O carvão activo, é utilizado para corrigir o sabor.

No caso do vinho vegano, a produção leva um pouco mais de tempo devido à necessidade de procedimentos complexos, porém, para obter clientes satisfeitos, o viticultor aceita um nível mais alto de complexidade.

Como reconhecer um vinho vegano?

Muito simples! Basta dar uma vista de olhos às garrafas. Existe uma etiqueta especial da União Vegetariana Europeia, que concede um selo de qualidade vegana aos alimentos da Europa. Quando vir esta etiqueta, tem a garantia de estar perante um vinho vegano.

A Uvinum recomenda-lhe alguns vinhos veganos para que possa saborear vinho sem produtos de origem animal.

Deixe um comentário O que é o vinho vegano?