5 mitos sobre vodka

Ele há mitos em volta de todas as bebidas e a vodka não é uma excepção. Queres saber quais são?

1. A vodka tem sempre o mesmo sabor: Cada vodka transporta consigo o espírito do lugar onde foi destilada. A vodka que vem da Europa do Leste, por exemplo é habitualmente muito mais forte que aquela que se elabora no Ocidente, normalmente de sabor suave.

2. “Quanto mais destilada melhor”, é apenas um mito: Segundo os peritos, se a vodka for demasiado destilada corre o risco de perder todo o seu sabor, aroma e ainda o carácter dos seus ingredientes.

3. “A vodka é feita de batata”, é apenas uma generalização: A vodka pode ser destilada a partir de batata, como é o caso da vodka da Suécia, mas também pode ser elaborada com outros ingredientes. Em França, encontram-se algumas vodkas elaborados com uvas. Há, inclusive uma marca que a produz a partir do leite. Na Rússia, a maioria da vodka é feita com milho, trigo e outros cereais.

4. “Nos cocktails não é preciso utilizar boa vodka”, ignora a frase: Se bebes demasiado no dia seguinte tens uma ressaca. Se a isso somas ter bebido uma vodka barata e mal destilada, terás ressaca e além de mais estragaste os cocktails.

5. Mais caro nem sempre significa melhor: Tal como sucede com outras bebidas, o preço não é necessariamente um indicador de qualidade, mas em relação a gostos, já se sabe: o que para uns é muito bom, para outros não vale nada…

 TAGS:Vodka AbyssalVodka Abyssal

Vodka Abyssal: uma vodka de destilarias Williams & Humbert feita em Espanha que tem um volume de álcool de 40º.

 

 

 TAGS:Crystal Head VodkaCrystal Head Vodka

Crystal Head Vodka: uma vodka produzida en Canadá que tem 40º de teor de álcool. 

 

 

Deixe um comentário 5 mitos sobre vodka